Prefeitura de Cabo Frio vai cobrar estacionamento na Praia das Conchas e Ilha do JaponÍs

Publicado em 09/12/2014 Editoria: Geral

Quem pretende aproveitar o verão nas áreas da Praia das Conchas e Ilha do Japonês vai encontrar o espaço público mais organizado.

Desde o dia 28 de novembro, está em vigor o Decreto nº 5.282 que proíbe a exploração por particulares, pessoas físicas ou jurídicas dos serviços de cobrança de estacionamento de qualquer categoria nos bolsões no perímetro de aproximadamente 15.000 m² da Praia das Conchas, e de 12.000 m² da Ilha do Japonês. A partir de agora, o controle do estacionamento rotativo será feito pela Prefeitura.

-Compete ao município cuidar do espaço ambiental e promover de forma organizada mais trabalho e renda. Com essa medida vamos garantir a ordem, o desenvolvimento e o cuidado com nossas belezas naturais-, ressaltou o Prefeito Alair Corrêa.

O decreto n°5.282, publicado recentemente visa recuperar e proteger os recursos naturais buscando o equilíbrio ambiental com medidas que vão assegurar a preservação do local. Muitos casos de estacionamento desordenado de veículos, além das faixas de areia que provocam a destruição da vegetação nativa e a consequente degradação ambiental nos bolsões da Praia das Conchas e da Ilha do Japonês foram flagrados pela equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente que já trabalha para a recuperação das áreas.

Os locais fazem parte da área de preservação permanente classificadas como Zonas de Conservação e de Preservação da Vida Silvestre integrantes da Área de Proteção Ambiental – APA do Pau Brasil e do Parque Estadual da Costa do Sol. A medida tomada em caráter de urgência tem por objetivo o controle da malha viária de acesso à praia e o ordenamento do estacionamento de veículos.

O decreto proíbe ainda a exploração por particulares, pessoas físicas ou jurídicas dos serviços de cobrança de estacionamento de qualquer categoria no perímetro da Praia das Conchas e da Ilha do Japonês.

Conforme autorização do INEA, Instituto Estadual do Ambiente, e de acordo firmado com os proprietários dos imóveis, a cobrança de estacionamento caberá, a partir de agora, exclusivamente a Prefeitura de Cabo Frio revertendo os recursos resultantes que serão destinados às atividades de ordenamento, conservação, revitalização e urbanização ecológica dos locais abrangidos.

› FONTE: Macať News (www.macaenews.com.br)