Duplicações vão diminuir engarrafamento no trânsito entre Macaé e Rio das Ostras

Publicado em 17/01/2014 Editoria: Cotidiano

Quem mora em Rio das Ostras já sabe. Ir e voltar para Ma­caé é uma tarefa que exige mais do que disposição. É preciso paciência para en­frentar o engarrafamento, que pode deixar a viagem mais demorada em média quase duas horas. Entre­tanto, esta semana foram anunciadas medidas que podem diminuir o tempo de deslocamento.

A intenção é duplicar dois trechos: o primeiro vai da entrada da avenida Ro­berto Silveira, em Costazul, até o Km 153,9, no Âncora; o segundo fica localizado entre a Zona Especial de Negócios (ZEN) e o con­domínio AlphaVille, que inclui a ampliação da ponte sobre o Rio Imboassica.

No primeiro trecho, o projeto era desenvolvido pelo Departamento de Es­tradas e Rodagem do Rio de Janeiro (DER) desde o ano passado, mas contou com adequações nos últimos 90 dias. A obra tem a previsão de começar a ser executada até o primeiro trimestre deste ano e o investimento será de R$ 25 milhões, sendo que destes, R$ 23 milhões virão do Estado e o município vai contribuir com R$ 2 milhões.

De acordo com o urbanis­ta que colaborou com o pro­jeto, Maurício Paraguassú, com esta duplicação os acos­tamentos serão perdidos e o local será reordenado. Cerca de sete passagens garanti­rão o trânsito de pedestre ao longo desses cinco quilô­metros a serem duplicados. “Em um segundo momento poderão ser instaladas pas­sarelas”, disse. A obra inclui ainda ciclovia, calçada, além de iluminação pública e sina­lização vertical e horizontal, além de paisagismo.

Durante os aproximados oito meses de obras, o trânsito da pista principal será redire­cionado para as pistas auxi­liares: as avenidas Bandeiras e Jane Maria Martins Figuei­ra. “Temos articulado muito bem com o Estado e Governo Federal. Depois que quitamos nossas dívidas temos conse­guidos recursos para realizar estas ações. Esta, em particular, é uma obra que não só beneficia a mobilidade, mas também re­flete na segurança por meio da redução do número de aciden­tes”, explicou o prefeito de Rio das

MAIS UMA DUPLICAÇÃO

Outra intervenção para melhorar mobili­dade é a duplicação do trecho da rodovia entre a Zona Especial de Negó­cios (ZEN) e o condomí­nio AlphaVille. O projeto conjunto inclui a amplia­ção da ponte sobre o Rio Imboassica, na RJ 106, no limite entre as duas ci­dades, que passa a se cha­mar “Ponte da Amizade”. Esta obra vai ser realiza­da pelas duas prefeituras.

A intenção também é reduzir os engarrafamen­tos no local, uma vez que, cerca de 40 mil veículos passam diariamente pela região. Esta melhoria deve começar ainda este ano, já que o projeto fi­nal deve ser apresentado em 15 dias, com as ade­quações. “Precisamos melhorar a fluidez do trânsito neste que é um dos maiores gargalos na mobilidade urbana. Ma­caé e Rio das Ostras são cidades irmãs e esse con­vênio sela essa união”, afirmou o prefeito de Macaé, Dr. Aluízio.

Quando estas duplica­ções terminarem, faltará ainda ser duplicado o tre­cho da RJ 106 que vai do Cemitério até ao AlphaVil­le. Mas, segundo o prefeito Sabino, ele já pensa mais para frente conseguir re­cursos que garantam esta obra. “Isso com certeza será visto por nossa admi­nistração”, finalizou.

Um dos trechos que será duplicado passa pelo trevo de Costazul e segue até o KM 153,9, próximo ao bairro Âncora 

› FONTE: RJ News