C‚mara aprova proposta de corredor exclusivo para Űnibus em Macať

Publicado em 12/08/2014 Editoria: Geral

Transformar a linha férrea, que seria utilizada pelo Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), em um corredor exclusivo para o transporte coletivo é a sugestão do vereador Paulo Antunes (PMDB). O requerimento, aprovado por 13 votos a três, nesta terça-feira (11), na Câmara Municipal de Macaé, solicita ao executivo um estudo de viabilidade para a implantação do BRT (Transporte Rápido por Ônibus) na cidade.

"Se houvesse uma via apenas com ônibus no trecho do Parque de Tubos ao Lagomar, acho que atenderia a necessidade de transporte público da população", avaliou Paulo Antunes.

No entanto, o vereador Maxwell Vaz (SD) lembrou alguns entraves ao projeto, como o pertencimento da linha férrea à União e a capacidade de passageiros inferior do ônibus em relação à composição férrea. O parlamentar Marcel Silvano (PT) também manifestou preocupação com a retirada da linha férrea.

"Acho que ainda não é hora de descartar o transporte ferroviário. Vamos esperar o fim do prazo de 180 dias que o governo possui para a apresentação de um novo modal ferroviário", ponderou Marcel.

Além dos vereadores Marcel Silvano e Maxwell Vaz, Igor Sardinha (PT) também votou contra a proposta. "Percebo a importância do transporte ferroviário e acredito que esta seja a melhor opção para resolver o problema da mobilidade urbana em Macaé", argumentou Igor.

O vereador Júlio César de Barros (PPL) disse não estar certo sobre a melhor alternativa para a mobilidade urbana, mas votou a favor do requerimento por se tratar de um pedido de estudo de viabilidade. Já o parlamentar Amaro Luiz (PSB) achou válida a sugestão do colega para dar uma nova destinação ao local, já que, por ora, o VLT não será implementado.

Os vereadores Teodomiro Bittencourt (PMDB), Nilton César Moreira (PROS), Manoel Francisco Neto (PR) e Luciano Diniz também defenderam a aprovação do requerimento. "Voto a favor porque acho que também é nosso papel ajudar o executivo a encontrar alternativas para resolver o problema", ressaltou Luciano.

O parlamentar Guto Garcia (PT), que votou contra a cessão do VLT ao Governo do Estado, no primeiro semestre deste ano, também se mostrou favorável a proposta. "Não sei se haverá BRT ou se será construída uma ciclovia no local, mas acho que algo precisa ser feito."

› FONTE: Macať News (www.macaenews.com.br)