Volta às aulas vai aumentar em até 80% as vendas de algumas papelarias

Publicado em 10/01/2014 Editoria: Economia
Michelle Neto/RJNEWS

Michelle Neto/RJNEWS

» Lojistas de Rio das Ostras reforçam o estoque para uma das melhores épocas do ano

Depois do Natal, o comércio abre os olhos para uma das épocas mais lucrativas: o Volta às Aulas. Algumas papelarias de Rio das Ostras esperam um aumento significativo nas vendas que chega a 80%. Outras são mais tímidas e trabalham com uma perspectiva de 40%. Esse crescimento deve ficar mesmo por conta da quantidade de mercadorias compradas, uma vez, que os preços dos produtos são praticamente os mesmos em relação ao ano passado.
 
Na loja onde a supervisora Fabiana de Souza trabalha, a ordem é atrair a atenção do consumidor de alguma forma. Para isso, o chamariz são os cadernos a preços bem reduzidos.
Um caderno de 20 matérias que antes custava R$ 25,90 é vendido por R$ 12,00. “Esse é um valor que varia em até 40% a menos em relação ao que é encontrado nas outras lojas. A intenção é trazer o consumidor pra cá por causa desse produto, mas, ao chegar aqui que ele leve outras coisas para os estudantes”.
 
Segundo Fabiana, o estoque desses itens escolares cresceu em 40% e tanto investimento tem uma explicação. “Essa é a nossa melhor época de vendas no ano”, revela. Ela apontou que um dos diferenciais em relação ao ano passado é a maior opção em mochilas e o preço delas varia de R$ 20 a R$ 90. “Buscamos atender aos pedidos dos clientes e queremos ver se realmente esses produtos terão uma boa saída”. Na loja, os itens são agrupados em uma única seção que ainda está sendo montada.
 
BONS NÚMEROS 
A gerente de uma papelaria no Centro, Ana Paula Heringer, conta que a sensação desse ano vai ser a estampas das Monsters High. Além disso, tem as mochilas com asinhas. “Montamos as nossas prateleiras no dia 26 de dezembro e desde então as vendas começaram. Esse ano, trabalhamos com um número de crescimento que chega a 80%”. Para dar conta da movimentação, a equipe extra de trabalho que havia sido contratada para o Natal teve o contrato renovado para o Volta às Aulas.
De acordo com a proprietária da mesma papelaria, Juju Alves, em relação ao ano passado, os preços foram praticamente mantidos. Mas, uma coisa é certa, dependendo do gosto dos filhos a conta pode ficar cara. No setor de mochilas, por exemplo, é possível encontrar mochilas simples que custam R$ 39,90 até as de R$ 200. “Observamos que para agradar os filhos, alguns pais acabam até levando uma de melhor qualidade”, completou.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)