Vigilância Sanitária interdita três estabelecimentos esta semana em Macaé

Publicado em 09/01/2014 Editoria: Segurança
Os estabelecimentos foram comunicados sobre as necessidades de adequações

Os estabelecimentos foram comunicados sobre as necessidades de adequações

Após várias denúncias, os fiscais da Vigilância Sanitária de Macaé apreendem e inutilizam, nesta quinta-feira (09), quase duas toneladas de carne em um supermercado da cidade. O produto estava armazenado em duas câmaras frigoríficas de forma inadequada. Além disso, foram encontrados vestígios de roedores na padaria e estoque do estabelecimento, que foi interditado. Na mesma data, um restaurante no bairro Imbetiba teve suas atividades paralisadas devido a problemas estruturais e de higiene.

De acordo com o chefe da Divisão de Alimentos, Croif Monteiro, o órgão recebeu, na última quarta-feira (08), quatro denúncias de consumidores sobre as condições da carne. “Eles alegavam que ao chegar a casa perceberam que o produto estava com o odor e aspecto impróprio para o consumo. Com isso, fiscalizamos o local e comprovamos diversas irregularidades”, ressaltou.

Os estabelecimentos foram comunicados sobre as necessidades de adequações e só poderão retomar suas atividades após nova inspeção da Vigilância Sanitária. Os fiscais também interditaram o restaurante de um hotel localizado na praia dos Cavaleiros.

Essas interdições são as primeiras deste ano. Em 2013, até o mês de novembro, foram realizadas 21.500 visitas e 135 interdições, sendo 81 na área de alimentos (bares, lanchonetes, restaurantes), 27 na área de saúde (clínicas, consultórios, escolas) e 27 na área de farmácia (farmácias e salão de beleza).

Denúncias para a Coordenação de Vigilância Sanitária, que conta com as divisões de farmácia, saúde, resíduos, água e saneamento, arquitetura e alimento, podem ser feitas pelo telefone (22) 2762-0935.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)