Fifa suspende assessor da CBF por agress„o a chileno

Publicado em 30/06/2014 Editoria: Copa 2014

A Fifa suspendeu Rodrigo Paiva, assessor de imprensa da CBF, por um jogo pela briga que ocorreu no final do primeiro tempo do confronto entre Chile e Brasil. Após o jogo de sábado, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, jogadores chilenos o acusaram de ter acertado um soco no atacante chileno Mauricio Pinilla.

"O que aconteceu foi que o chefe da imprensa de vocês acertou o nosso jogador", disse Maria José, funcionária do departamento de comunicação da Federação Chilena.

"Foi uma confusão generalizada, não foi algo só comigo", disse Paiva. "Só que o Pinilla veio para cima de mim e eu apenas me defendi. Reagi empurrando ele", explicou.

A confusão já tinha começado dentro de campo, quando o juiz apitou o final do primeiro tempo. Fred e Gary Medel se estranharam e o caso acabou ganhando proporções maiores no caminho para o vestiário.

A Fifa confirmou que ainda está avaliando o caso para saber se outros também serão punidos. Mas, já num primeiro momento, a decisão de suspender Paiva por um jogo ocorreu por conta de sua expulsão durante o intervalo do jogo.

"Ele foi expulso", declarou Delia Fischer, porta-voz da Fifa. Segundo ela, a CBF tem até 19 horas da terça-feira para apresentar sua defesa.

A Fifa pode punir outros envolvidos, ainda que uma sanção só prejudicaria o Brasil, que continua na competição. A entidade vai avaliar quem começou a briga e uma punição ainda vai levar em consideração o que ocorreu dentro ou fora de campo.

No sábado, a seleção brasileira empatou com o Chile por 1 a 1, em Belo Horizonte, no tempo normal e na prorrogação, mas garantiu vaga nas quartas de final na disputa de pênaltis.

› FONTE: Macať News (www.macaenews.com.br)