Republicanos anuncia fim do apoio ao governador do Rio

Publicado em 29/05/2020 Editoria: Geral

Após a Operação Placebo, que investiga um esquema de desvio de verba para o combate ao coronavírus, ter sido deflagrada na última terça-feira, o partido Republicanos, sigla do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, anunciou a saída da base do governador do Rio, Wilson Witzel (PSC).

Em nota oficial, o partido anunciou que mediante aos últimos acontecimentos e fortes indícios de corrupção na Secretaria de Saúde do Estado do Rio, o Republicanos anunciou a saída da base por decisão unânime. A decisão partiu de uma reunião entre a bancada estadual e o presidente estadual da sigla Luis Carlos Gomes.

Além disso, ficou determinado que o secretário de Trabalho e Renda do Rio, Jorge Gonçalves, apresentaria sua carta de renúncia ao governador do Rio.

"Desejamos que todas as irregularidades e desvio de recursos da saúde do Estado do Rio sejam esclarecidos. A corrupção já é abominável em qualquer circunstância, porém, mais terrível ainda em meio aos caos e sofrimento da pandemia, com milhares de registros de infectados e óbitos. Nosso maior compromisso é com a população", afirmou o presidente estadual, Luis Carlos.

› FONTE: O Dia