Prefeitura de Macaé atua no Bosque Azul para remoção de famílias

Publicado em 18/02/2020 Editoria: Cotidiano
A ação abrange a demolição dos imóveis vazios para que não sejam reocupados

A ação abrange a demolição dos imóveis vazios para que não sejam reocupados

A Secretaria Adjunta de Habitação prossegue, nesta quarta-feira (19), com a pronta-ação no Bosque Azul. No local, são 65 famílias cadastradas no Programa Minha Casa, Minha Vida que serão removidas para o residencial localizado na mesma área. O  trabalho, iniciado na manhã desta terça-feira (18),  é uma parceria das secretarias de Ordem Pública, através das adjuntas de Defesa Civil e Segurança, além de Infraestrutura, com Serviços Públicos e Obras e Ambiente e Sustentabilidade.

A ação abrange a demolição dos imóveis vazios para que não sejam reocupados, acompanhamento específico dos moradores que serão beneficiados, além da comunicação dos que ocuparam irregularmente a área que já foi demolida.

Segundo a secretária Adjunta de Habitação, Tânia Jardim, a mudança das famílias para o Residencial Bosque Azul vai acontecer após o cumprimento de trâmites burocráticos de documentação e assinatura dos contratos. Para isso, está ocorrendo desde 2018 a selagem. "A selagem já é um processo de congelamento das ocupações, período que identificamos as famílias e construções do local.  Na ação, registramos tudo que é necessário para  a remoção destas famílias e o que deve ser executado no local", pontuou.

Tânia Jardim lembra ainda que, antes da remoção, o processo segue etapas do convênio como cadastro da demanda espontânea, registro para remoções, levantamento de toda documentação de cada beneficiário e acompanhamento de aprovação pela instituição financeira (Banco do Brasil). Mediante a assinatura do contrato, cada responsável vai assinar um Termo de Autorização de Demolição (TAD) e de entrega das chaves para a mudança. As chaves da nova moradia, no Residencial Bosque Azul, estão sendo entregues no mesmo momento da assinatura.

A previsão é que as futuras famílias sejam contempladas com palestras e orientações de profissionais da área de saúde e assistentes sociais. Eles também participarão de rodas de conversa sobre a boa convivência.

Bosque Azul

O projeto é uma parceria entre a Prefeitura de Macaé e o Governo Federal que já beneficiou 1.700 famílias. Os apartamentos do Bosque Azul foram construídos em blocos, com 16 apartamentos em cada.  São moradias com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e acessibilidade aos que apresentam necessidades físicas especiais. A área conta com  quadras, infraestrutura de esgotamento sanitário e águas pluviais; asfaltamento; calçadas e iluminação pública. Cada quadra contém um Centro Comunitário e dois cômodos para recolhimento do lixo, reciclável e comum.

› FONTE: Secom Macaé