Doar é necessário

Publicado em 07/01/2020 Editoria: Saúde
A unidade fica localizada na Rua Dr. Bueno, anexo ao Hospital São João Batista

A unidade fica localizada na Rua Dr. Bueno, anexo ao Hospital São João Batista

Serviço de Hemoterapia recebe doação de sangue

Eram 6 horas da manhã, quando o casal Isadora Regina Melo Maranhão e Phillipe Souza de Oliveira deixaram Cabo Frio e vieram até o Serviço de Hemoterapia de Macaé, pela primeira vez, para doarem sangue. E o motivo não poderia ser mais nobre: ajudar uma pessoa que se acidentou no fim de semana. "Precisou o filho de um amigo necessitar de sangue, para que eu viesse fazer isso. Sempre tive vontade de doar, mas não tinha o peso necessário para isso, que é 50 quilos. Agora, ganhei mais peso e pude colaborar", explica Isadora, que tem o sangue O+.

O marido, Phillipe, cujo tipo sanguíneo é O-, também nunca havia doado sangue, e viu a necessidade de colaborar, ainda mais tendo com um fator mais difícil de se encontrar. "Sou saudável, não tenho vícios, por que não doar? Poderia ser o meu filho necessitando", explicou o rapaz.

Pais de um bebê de 1 ano e 11 meses, que nasceu com o mesmo sangue paterno, Isadora e Phillipe planejam doar mais vezes. "As pessoas precisam saber que doar é algo muito simples, que não deixa ninguém anêmico, não deixa o sangue ralo, não dói. Não é necessário esperar acontecer algum acidente para ter essa atitude. Quanto mais pessoas doarem, mais sangue teremos. Quanto mais, melhor", acredita Isadora.

Esse também é o pensamento da gerente de Captação de Doadores, Rosangela Murta. "O sangue mais raro é o de fator negativo. Por isso, é importante que pessoas com esse tipo continuem doando. O estoque está bem baixo, alguns quase zerados, principalmente nesses grupos. Quem estiver em boas condições, pode comparecer à unidade, onde faremos uma triagem, um controle de anemia. Temos todo esse cuidado, na hora da captação", explica a médica.

A unidade fica localizada na Rua Dr. Bueno, anexo ao Hospital São João Batista, funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30, para atendimento ao público em caso de doação, e 24 horas quando o assunto é banco de sangue.

Quais são os requisitos para doação de sangue?

- Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg.

- Ter bom estado de saúde.

- Estar alimentado. Evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem à doação de sangue.  Caso seja após o almoço, aguardar 2 horas.

- Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas.

- A frequência máxima é de quatro doações de sangue anuais para o homem e de três doações de sangue anuais para as mulher.

- O intervalo mínimo entre uma doação de sangue e outra é de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

Tabela de compatibilidade para doação de sangue

Sangue tipoA+

Pode doar para: AB+ e A+         

Pode receber doação de: A+, A-, O+ e O-

Sangue tipo A-

Pode doar para: A+, A-, AB+ e AB-        

Pode receber doação de: A- e O-

Sangue tipo B+

Pode doar para: B+ e AB+         

Pode receber doação de: B+, B-, O+ e O-

Sangue tipo B-

Pode doar para: B+, B-, AB+ e AB-        

Pode receber doação de: B- e O-

Sangue tipo AB+           

Pode doar para: AB+   

Pode receber doação de: A+, B+, O+, AB+, A-, B-, O- e AB- (todos)

Sangue tipo AB-            

Pode doar para: AB+ e AB-       

Pode receber doação de: A-, B-, O- e AB-

Sangue tipo O+              

Pode doar para: A+, B+, O+ e AB+        

Pode receber doação de: O+ e O-

Sangue tipo O-

Pode doar para: A+, B+, O+, AB+, A-, B-, O- e AB- (todos)

Pode receber doação de: O-

› FONTE: Secom Macaé