ANAC autoriza transferência das operações do aeroporto de Macaé

Publicado em 07/10/2019 Editoria: Geral
O próximo passo será a apresentação do planejamento, que prevê investimentos no aeroporto

O próximo passo será a apresentação do planejamento, que prevê investimentos no aeroporto

A Aeroportos do Sudeste do Brasil (ASeB),  nova concessionária, já pode avançar na transição da gestão dos serviços.

Vencedora do leilão de concessão dos Aeroportos de Vitória e Macaé, a Aeroportos do Sudeste do Brasil S.A (ASeB), uma empresa da Zurich Airport, cumpriu mais uma etapa no processo de transferência das operações aeroportuárias da Infraero para a nova concessionária. Na última sexta-feira, 4 de outubro, a Anac publicou no Diário Oficial a ordem de serviço que autoriza a ASeB a iniciar a fase de transição da administração dos dois aeroportos. O documento atesta que foram cumpridas todas as exigências previstas no contrato de concessão, assinado em 5 de setembro.

A expectativa é de que essa fase de cessão operacional ocorra totalmente até a primeira quinzena de janeiro de 2020. A nova gestão pretende dar continuidade às operações já iniciadas e promover investimentos para que os Aeroportos de Vitória e Macaé se tornem referência em prestação de serviço. O objetivo é implantar o alto padrão de qualidade, satisfação e segurança, que são características das operações da Zurich Airport, empresa que também é proprietária e operadora do Aeroporto Internacional de Zurich (Suíça), avalizado como um dos melhores do mundo.

Matthias Poeter, CEO da ASeB, reforça que a empresa está satisfeita em poder contribuir com o desenvolvimento de Macaé e região . “Queremos criar negócios e oferecer um serviço de alta qualidade para os passageiros, sempre zelando por uma boa infraestrutura e operações seguras. Para alcançar este padrão utilizaremos nossas boas práticas de gestão e o conhecimento do setor, mas sem perder o foco nos valores locais”, afirmou.

Com mais esta etapa vencida, a Aeroportos do Sudeste do Brasil inicia seus trabalhos para apresentar à Anac o planejamento, que garantirá um processo de transferência das operações sem transtornos aos passageiros e usuários dos Aeroportos de Vitória e Macaé. 

› FONTE: Ascom GEO COMUNICAÇÃO