Setor de Fauna resgata 80 animais silvestres em apenas trÍs meses

Publicado em 03/10/2019 Editoria: Meio Ambiente

O Setor de Fauna, da Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade, teve muito trabalho nos meses de julho, agosto e setembro. Junto com a Guarda Ambiental, realizou em 90 dias resgate e devolução ao habitat natural de 80 animais silvestres. Isso foi mais que no mesmo período do ano passado.

Como exemplo dessa enxurrada de atividades a favor do ambiente, o coordenador desse setor, Fernando Barreto, citou: dois Papagaios Chauás, sete Porcos-Espinhos, também chamados de Ouriços-Cacheiros, 32 Gambás, seis Cobras (dentre elas Jiboia, D&39;água e Cipó).

Ainda foram resgatados uma Arara Canindé, seis Corujas-Buraqueiras, dois Falcões, um Peregrino e outro Quiriquiri. Este também é conhecido como  Falcão-Americano. É uma espécie de ave de rapina encontrada em todo o continente americano.

"O Papagaio Chauá é uma espécie brasileira de papagaio que está ameaçada de extinção. As aves foram encontradas no Lagomar, estavam em cativeiro, irão para o Viveiro dos Pássaros Foz do Iguaçu, na cidade de São Paulo", contou Fernando.

Já a Arara Canindé foi para Seropédica (RJ). "Em colégios, creches e outros órgãos públicos resgatamos dezenas de gambás. Já os falcões foram capturados em clínica do bairro Cavaleiros, após eles colidirem com os vidros das janelas", informa.

Concluindo ele explicou que: "Os pontos de soltura não são divulgados para evitar caçadores e para impossibilitar que ocorra superpopulação em áreas pré-determinadas".

Quem quiser socorrer animais silvestres, encontrados na área urbana, pode telefonar para a Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade (22) 2762-4802 ou 2772-3571. Para esse mesmo objetivo, o telefone da Guarda Ambiental é (22) 99970-9770.

› FONTE: Secom Macať