Prefeitura de Macaé realiza primeiro pregão eletrônico

Publicado em 18/09/2019 Editoria: Geral
Para obter os editais do pregão eletrônico, as empresas devem acessar o Portal da Transparência do município.

Para obter os editais do pregão eletrônico, as empresas devem acessar o Portal da Transparência do município.

A Prefeitura de Macaé realizou o seu primeiro pregão eletrônico para aquisição de material de papelaria e gerou economia de, aproximadamente, 40% do valor previsto. O procedimento, que aconteceu na sexta-feira (13), teve a participação de 30 empresas de várias partes do Estado e do país.

Segundo o procurador Adjunto de Licitações, Jean Vieira, a nova modalidade tem como objetivo reforçar a transparência e economicidade. Das 30 empresas participantes, 16 ganharam a licitação, cujo objeto englobava 60 itens. “Estávamos prevendo um custo de R$ 563.023,74 (quinhentos e sessenta e três mil, vinte e três reais e setenta e quatro centavos), mas com o pregão eletrônico, o valor da compra ficou em R$ 343.516,00 (trezentos e quarenta e três mil e quinhentos e dezesseis reais)”, frisou, acrescentando que o procedimento se encontra em fase de julgamento de habilitação.

O procurador falou ainda, que o percentual na economia do pregão eletrônico foi quase o dobro da modalidade presencial, que ficou em torno de 22% em 2018 e aproximadamente 25% em 2019. 

Ele ressaltou que município aderiu ao sistema do "Comprasnet", o mesmo utilizado pelos Governos Federal, Estadual e Tribunal de Contas do Estado (TCE), considerado um dos melhores do país. “Todo o processo foi amplamente divulgado para que as empresas se cadastrassem no Comprasnet”, disse Jean.

O procurador Adjunto de Licitações lembrou que o município continua realizando licitações na modalidade presencial, mas que a tendência é diminuir. E dentro desta perspectiva de transparência, a Coordenadoria Geral de Licitações iniciará nos próximos dias a transmissão ao vivo de todas as sessões públicas licitatórias. “Todo cidadão, de qualquer lugar do mundo poderá assistir as sessões licitatórias do município”.

› FONTE: Secom Macaé