Café Literário em Rio das Ostras colabora para que leitura se torne uma prática diária entre estudantes

Publicado em 05/07/2019 Editoria: Cultura

Atividade no Colégio Conceito de Rio das Ostras reuniu alunos do 1º ano do Ensino Médio

Uma mesa de café, poesias de Vinícius de Moraes e de Luís de Camões, além de boas companhias. Foi este o ambiente que possibilitou com que os alunos do Colégio Conceito de Rio das Ostras pudessem declamar diversos sonetos, fixando a estrutura deste gênero literário. Pela primeira vez, o Café Literário foi realizado na instituição de ensino, mas a intenção que é a ação se repetida sempre que um gênero novo for trabalhado.

Nesta edição, mais de 30 alunos do 1º do  Ensino Médio participaram. Segundo a professora de português e redação, Renata Fernandes, foi possível mostrar que um momento como esse é tão prazeroso quanto qualquer outra atividade do cotidiano. “Provamos para o aluno que a leitura, a poesia e a Literatura Brasileira são parte do conhecimento. Desta forma,  ele deve não somente “ler”, mas vivenciar na escola e também por toda sua vida”, contou a professora.

Os sonetos mais lidos durante o café foram do modernista, Vinícius de Moraes, e do português, Luís de Camões. Renata relatou que no momento da leitura nem foi preciso muita insistência para que os estudantes fizessem suas leituras em voz alta. “Nenhum aluno deixou de participar. Tivemos inclusive uma aluna que levou uma poesia autoral para ler entre os colegas”, completou.

A intenção é que a cada gênero literário trabalhado com os estudantes, aconteça uma edição do Café Literário. “Acho que será impossível, depois dessa experiência, ler os textos literários sem o ambiente que criamos juntos, professores e alunos”, finalizou Renata.

› FONTE: Ascom