Guarda Ambiental intensifica ações de proteção ao ecossistema

Publicado em 07/01/2019 Editoria: Meio Ambiente
Foram 189 apreensões e solturas de animais vivos

Foram 189 apreensões e solturas de animais vivos

Em 2018, a Guarda Ambiental da Secretaria de Ordem Pública da Prefeitura de Macaé, realizou 224 atividades em prol da natureza no município, como resgate de animais silvestres, combate a incêndios florestais, fiscalização à caça e à pesca predatórias, além de inspeção nas cachoeiras da região serrana e proibição à invasão em áreas ambientais.

Foram 189 apreensões e solturas de animais vivos, entre corujas, serpentes, aves como tizius, canários da terra, papagaios, gaviões e outros. No final de dezembro, o setor devolveu à natureza um jacaré-do-papo-amarelo. O motivo para o aparecimento desses animais silvestres na área urbana é devido ao aquecimento global, à busca de alimentação, ao crescimento urbano nas áreas ambientais e às queimadas.

Para o comandante da Guarda Ambiental, Vilmar Ribeiro, o órgão público fez todas essas atuações graças às denúncias e solicitações que o setor recebe. Papéis luminosos, vidros e outros objetos sob o forte sol podem ser os causadores dos focos de incêndio ocorridos em locais como Praia Campista, Verdes Mares, na extensão da Rodovia Amaral Peixoto e outros.

A Guarda Ambiental atuou em 2018 em parceria com seis órgãos que também defendem o ambiente: setor de Fauna da Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Estadual de Ambiente (Inea), Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem-UFRJ), Secretaria Adjunta de Defesa Civil e Centro de Tratamento de Animais Marinhos (CTA).

Mais informações para acionar a Guarda Ambiental 99701-9770. Já o e-mail do órgão público é gmambientaloperacional@yahoo.com. Ambas as comunicações podem ser feitas 24 horas por dia. 

› FONTE: Secom Macaé