Tríplex de Lula é vendido por 2,2 milhões de reais

Publicado em 16/05/2018 Editoria: Geral

O tríplex do ex-presidente Lula da Silva no Guarujá, que motivou sua condenação a mais de doze anos de prisão por suborno e lavagem de dinheiro, foi arrematado nesta terça-feira por 2,2 milhões de reais em um leilão virtual.

Uma única oferta foi realizada, a menos de cinco minutos antes do final do pregão, apesar das mais de 50 mil visitas ao site.

O comprador, que não foi identificado, realizou o lance de Brasília.

No momento, o tríplex permanece no nome da OAS, a construtora que ofereceu o imóvel a Lula em troca de favores na atribuição de contratos com a Petrobras.

Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril passado, foi condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro neste caso.

O valor de 2,2 milhões, lance mínimo para levar o imóvel, corresponde precisamente ao total de subornos que os procuradores atribuem ao ex-presidente, equivalentes ao custo do apartamento e sua reforma.

O juiz Sérgio Moro, que condenou Lula em primeira instância, determinou que o valor obtido com a venda seja entregue à Petrobras.

O apartamento, de 297 m2, tem quatro quartos, piscina e um espaço para se fazer churrasco, segundo a descrição do site do leilão.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)