Educação recebe 'Estante de Histórias'

Publicado em 15/05/2018 Editoria: Educação
Foi realizada contação de histórias com adereços que também estão incluídos no projeto

Foi realizada contação de histórias com adereços que também estão incluídos no projeto

O Colégio Municipal Wolfango Ferreira recebeu nesta terça-feira (15) o projeto "Estante de Histórias". A unidade, que funciona na Barra, é uma das 20 atendidas pela iniciativa, que tem como objetivo disponibilizar cerca de dois mil livros para incentivar a leitura e promover a sua democratização por meio da doação de acervos para escolas públicas. A entrega será até segunda-feira (21).

Desenvolvido pela VR Projetos Culturais e Sociais, a ação beneficia as escolas através da Lei Rouanet, de incentivo à cultura, com o patrocínio da empresa EDF Norte Fluminense e apoio da Secretaria de Educação. O móvel conta com livros com temas infantis e juvenis, cartilhas de atividades para os alunos, além de materiais para exercícios de rotina. 

O lançamento do projeto contou com a presença da Secretária de Educação, Leila Clemente e da Secretária Adjunta de Educação Básica, Gelda Tavares. Na segunda-feira (21) haverá atividade de mediação de leitura para professores. A programação vai acontecer às 13h30, na sala 212 da Cidade Universitária.

Os livros foram entregues em uma estante colorida personalizada, que atraiu a atenção da garotada. No grupo estão 20 alunos do 1º ano de escola. Entre eles Murilo Alonso Lima, Gabrielly Vitória Brasiliana Aleluia, Hiago Ribeiro Jubine e Kamilly Martins.

Eles interagiram na apresentação do móvel, que foi idealizado para servir como peça de apoio aos professores das escolas contempladas. "A estante é bonita. Gostei muito da história e das máscaras. Tudo é muito legal", contaram Murilo e Gabrielly, de seis anos.

Foi realizada contação de histórias com adereços que também estão incluídos no projeto. Para a professora integradora Camila Antunes Peçanha, a estante será mais um material de apoio para contribuir com o ensino. "A leitura é essencial. Com certeza, os estudantes vão ficar curiosos com os livros. Isso vai contribuir com a aprendizagem", conta.

Para a diretora do Colégio, Marisa Silva de Souza, o projeto servirá para reforçar o lema da escola de "possibilitar o resgate social". "A leitura amplia a visão do mundo. É uma chance para os estudantes conhecerem mais e sonharem com um futuro melhor", pontua.

Projeto estimula leitura e aprendizado

Segundo a secretária de Educação, Leila Clemente, este projeto vai contribuir com o dia a dia nas escolas. "Ações como estas devem ser aproveitadas pelos professores, pois têm como foco principal a leitura. Quem lê, conhece o mundo e amplia os conhecimentos", destaca. Já a secretária Adjunta de Educação Básica, Gelda Tavares, observa que projetos como estes reforçam o gosto pela leitura. "Alunos motivados com a leitura serão adultos interessados", comenta.

Além do Colégio Municipal Wolfango Ferreira, as unidades que serão beneficiadas nesta primeira etapa são Lions, Professora Sandra Maria de Oliveira Araújo Franco, Aroeira, Professora Maria Angélica Ribeiro Benjamin, Eraldo Mussi, Joffre Frossard, Interagir, Professora Eda Moreira Daflon e Professor Antônio Alvarez Parada.

Na lista também estão as seguintes unidades: Professora Letícia Peçanha de Aguiar,  Neusa Goulart Brizola, Renato Martins, Sônia Regina de Souza Lapa dos Santos, Zelita Rocha de Azevedo, Almir Francisco Lapa, José Calil Filho, Onilda Maria da Costa, Balneário Lagomar e Paulo Freire.

› FONTE: SECOM Macaé