Um dia todo dedicado a elas!

Publicado em 12/03/2018 Editoria: Religião
Organizado pela Paróquia Santo Antônio, 1º Encontro para Mulheres discute universo feminino

Organizado pela Paróquia Santo Antônio, 1º Encontro para Mulheres discute universo feminino

Espiritualidade, defesa da vida e a importância da mulher atuante na sociedade. Esses foram alguns dos temas debatidos no I Encontro para Mulheres, realizado neste sábado (10). Um dia inteiro preparado para que as 500 mulheres reunidas pudessem mergulhar em um universo muito próprio. O evento, em comemoração pelo Dia Internacional da Mulher, foi organizado pela Paróquia Santo Antônio.

- Foi um desafio enorme preparar um evento todo dedicado às mulheres. Cerca de 50 homens da nossa comunidade arregaçaram as mangas e puderam proporcionar um dia maravilhoso àquelas que têm o dom da vida. Só Deus para a gente conseguir reunir 500 mulheres e tratar de questões tão pontuais do universo feminino - disse o pároco Padre Gleison, da Paróquia Santo Antônio.

Com o tema ‘O privilégio de ser mulher’, o Encontro recebeu convidadas muito especiais, como Zezé Luz, cantora, pregadora e coordenadora do Movimento Pró-Vida Zezé; Raquel Carpenter, cantora e fundadora da Comunidade Água Viva-ES; Marina Adamo, pregadora e escritora; Reginah Araújo, consultora empresarial. O encontro foi encerrado com a Santa Missa presidida pelo Padre Francisco, da Comunidade Canção Nova.

- Este Encontro é ato concreto do Kairós, que é o grande evento organizado pela Paróquia Santo Antônio para os jovens. Nosso objetivo foi restaurar as feridas, a dignidade das mulheres, para que possamos continuar lutando, em defesa da vida e da família, e levando a nossa fé adiante. Temos que resgatar aquilo que nós verdadeiramente somos-afirmou Zezé Luz, coordenadora geral no Rio de Janeiro do Movimento Nacional da Cidadania pela Vida - Brasil sem aborto.

Ao final do evento, após o momento de Adoração ao Santíssimo conduzido também pelo Padre Francisco, os homens que trabalharam neste Encontro entregaram rosas e um cartão a todas as mulheres presentes.

- O chamado vem e a decisão de experimentar as coisas do alto é nossa.Sentimos o abraço do Pai desde a entrada, com a recepção dos homens,e a ótima organização.Palestras edificantespara nossa transformação - disse a participante Eledir Rocha.

Para Joelma Salmeiro, o Encontro mostrou como as mulheres estão sedentas de oração e de transformação.

- Tenho certeza que nenhuma mulher saiu da mesma forma como chegou. Vieram com muita vontade de serem curadas, transformadas e libertadas. Deu para sentir a necessidade de cada de uma, com suas dores e sofrimentos. Foi uma experiência única - concluiu.

Por fim, no dia 10 de novembro, mês dedicado à conscientização do câncer de próstata e da saúde masculina (Novembro Azul), será a vez das mulheres organizarem o Encontro voltado aos homens.

› FONTE: Ascom