Hospital da Criança abre inscrições para curso de especialização em Medicina Intensiva Pediátrica

Publicado em 10/02/2014 Editoria: Saúde

Inscrições vão até 15 de fevereiro. Hospital já tem mais de 500 procedimentos realizados este ano.

O Hospital Estadual da Criança nem completou um ano e já está apto a compartilhar conhecimento. A unidade abriu inscrições para o Curso de Especialização em Medicina Intensiva Pediátrica. São 60 horas semanais, com duração de dois anos. A Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Hospital Estadual da Criança foi recentemente reconhecida pela Associação de Medicina Intensiva (AMIB) como centro formador de intensivistas. O Curso, voltado para médicos pediatras, tem como objetivo o treinamento na área de medicina intensiva pediátrica capacitando o aluno para atuação médica na especialidade e para a obtenção do título de especialista.

Como fazer? - O curso tem apenas uma vaga e para obter mais informações, os interessados devem entrar em contato no seguinte telefone: (21) 3883-6000 As inscrições vão até o dia 15 de fevereiro.

2014 começou com mais de 500 procedimentos - Inaugurado no dia 4 de março de 2013, o Hospital Estadual da Criança é a primeira unidade do Rio de Janeiro voltada para atendimento pediátrico referenciado. A unidade já entrou em 2014 com o pé direito realizando 529 cirurgias, uma média de 17 procedimentos diários. Desde a inauguração já foram 3,5 mil procedimentos cirúrgicos. O hospital realiza cirurgias de média e alta complexidade, como transplants, além do tratamento do câncer, em crianças de zero a 19 anos. A unidade conta com 58 leitos de enfermaria, 16 de UTI neonatal, 9 de UTI pediátrica e 8 poltronas de quimioterapia. Oferece exames de ultrassonografia, tomografia computadorizada, ecocardiografia e broncoscopia.

Gestão – Desde abril de 2012 a Secretaria de Estado de Saúde vem reorientando o modelo de gestão e atenção à saúde no Estado do Rio de Janeiro no intuito de melhorar a prestação dos serviços e a satisfação do usuário. A implementação dessa nova forma de administração tem como objetivos reduzir custo, melhorar a gestão e garantir um atendimento de qualidade à população.

O Hospital Estadual da Criança foi viabilizado a partir de um contrato com a Rede D&39;Or São Luiz, que cedeu o prédio - onde antes funcionava o Hospital Rio de Janeiro - e passa a gerenciar o serviço público através da Organização Social com o Instituto D&39;Or de Gestão de Saúde Pública, fornecendo todos os recursos humanos e materiais necessários ao adequado funcionamento do hospital, dentro dos parâmetros e diretrizes estabelecidos pela Secretaria.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)