Petrópolis - Defesa Civil reposiciona sirene no Bairro Dr. Thouzet

Publicado em 29/01/2014 Editoria: Geral

A sirene do bairro Dr. Thouzet foi reposicionada nesta segunda-feira (27/1). O novo local foi definido pela Secretaria de Proteção e Defesa Civil em conjunto com a empresa Gridlab, contratada pelo governo do estado para a manutenção dos equipamentos do Sistema de Alerta e Alarme. Com a mudança, que também atendeu a um pedido do morador da casa onde estava instalado o equipamento, mais moradores poderão ouvir os alertas sonoros no caso de chuvas fortes.

O diretor operacional da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, Ramon Camilo, comandou a ação de mudança. Ele lembrou que técnicos da secretaria e da Gridlab estudaram um local que pudesse atender da melhor forma possível os moradores da região, a fim de garantir a eficácia dessa importante ferramenta de prevenção.

A sirene foi instalada na Servidão Arlindo Lucas, próximo à Unidade de Proteção Comunitária (UPC), e já está funcionando, apta a ser acionada remotamente, pela internet, e manualmente, com a chave.

Ao todo, são 18 conjuntos de sirenes instalados em dez bairros de Petrópolis: Quitandinha, Ferroviários, Vila Felipe, João Xavier, Sargento Boening, São Sebastião, Siméria, Independência, Dr. Thouzet e 24 de Maio. O secretário Rafael Simão frisa que as sirenes, quando acionadas, alertam para o risco iminente de deslizamento generalizado na comunidade.

“Quando a sirene toca, já é para o morador ter saído de casa. Quem mora em área de risco sabe quando está chovendo forte, até pelo barulho da chuva no telhado. Então não é para esperar a sirene tocar. A sirene é o último aviso, informando que quem ainda não saiu de casa deve sair imediatamente”, disse o secretário Rafael Simão.

Nas 18 comunidades onde há sirenes, estão sinalizados os pontos de apoio: locais para onde os moradores devem ir em caso de chuvas fortes. Mas os pontos de apoio são apenas uma das opções. A Defesa Civil também orienta que moradores de áreas de risco se dirijam para casas de parentes ou amigos que fiquem em locais seguros. Como frisou o secretário Rafael Simão, o Sistema de Alerta e Alarme é a melhor ferramenta que a Defesa Civil possui em Petrópolis de prevenção de tragédias das chuvas a curto prazo.
 

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)