Flamengo escala titulares para o jogo contra o Duque de Caxias neste sábado

Publicado em 25/01/2014 Editoria: Esporte

Nas duas partidas do Flamengo no Campeonato Carioca, Welinton chamou atenção por ter feito os dois gols da vitória. No entanto, o conjunto rubro-negro tem sido o principal alvo dos elogios do técnico Jayme de Almeida. Mesmo sem os principais jogadores em campo, o Flamengo é o único clube da competição com 100% de aproveitamento e neste sábado terá o time considerado titular no jogo contra o Duque de Caxias, no Maracanã.

"Eu vi muitos jogadores jogando bem. No geral, não houve um grande destaque, mas o Welinton acaba aparecendo mais pelos gols. O conjunto foi muito bonito. Frauches também foi bem, João Paulo, Cáceres voltando de contusão gravíssima, Muralha, Negueba retornando, Gabriel participando muito da partida... Estou muito satisfeito com esses dois jogos", disse o treinador.

Apesar de valorizar mais o conjunto, Jayme também direcionou elogios específicos ao zagueiro Welinton. Além dos gols da vitória, o defensor tem se mostrado muito seguro na zaga e faz um bom 2014, ao lado de seu companheiro Frauches.

"Jogo começa com o zagueiro. Rebater bola pro alto não resolve. Se tiver qualidade para sair jogando, é preferível. Pedimos aos zagueiros que não arrisquem nem brinquem, mas, se der para sair jogando, é importante. Welinton está no Flamengo desde garoto, passou por muitos técnicos e foi bem nos últimos dois jogos. Na vida, temos que aproveitar as oportunidades. Ele está correndo atrás da dele", falou Jayme.

Welinton vive seus dias de Brocador. Depois de marcar os gols únicos das vitórias sobre Audax e Volta Redonda, o zagueiro curte o carinho da torcida e sonha em fazer parte do grupo da Libertadores, mesmo estar escalado para o jogo deste sábado.

"Estou tranquilo para trabalhar. A oportunidade foi dada. Todo mundo brigou pelo melhor, para ser titular, para estar no grupo. Cabe ao professor escolher quem vai jogar e respeitar o escolhido. Quero brigar para estar nesse grupo. O que tiver para disputar, vou querer disputar. Respeito todos, mas vou procurar o meu espaço. Quem vai decidir é o Jayme", disse.

Além de elevar o prestígio do defensor internamente, as atuações também garantiram dias de felicidade para o zagueiro. Em Volta Redonda, quarta-feira (22.01), Welinton foi ovacionado pela torcida, e sabe que a permanência dessa postura dependerá do rendimento em campo.

"Ser incentivado o tempo inteiro é muito bom. A torcida tem o poder de colocar o jogador no alto ou deixar para baixo. Tenho que ficar tranquilo quanto a isso. Botar na cabeça que tudo vai depender do que acontecer em campo. Isso é importante para seguir o ano ainda mais motivado. Tem que jogar bem quarta e domingo para ter apoio", afirmou.

MS

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)