ExposiÁ„o ArteNatal jŠ ť sucesso em Cabo Frio

Publicado em 12/12/2014 Editoria: Geral

Desde o dia 5 de dezembro, acontece a 2ª Exposição ArteNatal. O evento, montado na Praça Porto Rocha está sendo um sucesso. A mostra de artesanato vai até o dia 14 de dezembro, sempre de 9h às 20h. São dez estandes onde ficam expostas as peças que são produzidas nas oficinas de inclusão produtiva dos oito Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), da Secretaria Municipal de Assistência Social de Cabo Frio.

São objetos produzidos a partir das técnicas de decoupagem, customização, artesanato com escamas de peixes, papietagem, culinária em compotas, artesanato com silk, feltro, rejeitos de lycra e fibras naturais, que são ensinadas através das oficinas do Programa Municipal Promovendo a Dignidade.  E a variedade é bem grande: peças com temas natalinos, como minipresépios, guirlandas, entre muitas outras, que poderão ser utilizadas na decoração natalina. E ainda, anjos feitos a partir da palha do milho, doces em compotas, biscuit, potes feitos de jornal, dentre outras ótimas opções para presentear amigos e familiares.

De acordo com Carla Sampaio Leal, facilitadora do CRAS Manoel Corrêa, o sucesso tem sido tanto que algumas peças já acabaram.

- É muito gratificante ver o sucesso desta exposição. Alguns itens já acabaram e muitos usuários estão nos CRAS produzindo outras peças. A procura tem sido bem grande mesmo, como por exemplo os presépios de fibra natural e as peças de biscuit - comemorou.

Jéssica Soares, de 19 anos, é usuária do CRAS Manoel Corrêa há três anos. Foi lá que ela aprendeu a fazer artesanato e, assim, complementa a renda da casa. E comemora o sucesso da exposição.

- A venda das peças foi muito boa. Eu faço artesanato com fibras e temos poucas unidades agora.  Estamos muito felizes. Estar aqui na praça, mostrando o nosso trabalho, junto com os nossos companheiros das oficinas, tudo isso é muito bom. Além disso, dá para garantir um dinheiro extra pro fim do ano - afirmou.

Ana Lúcia Ribeiro da Silva, de 50 anos é moradora do Jardim Esperança. Estava passando pela Praça Porto Rocha e foi admirar a exposição e levou para casa algumas flores de fibra.

- É tudo muito lindo, muito bem feito, dá para perceber que foi feito com detalhes e com muito carinho. Eu faço flores de artesanato também, inclusive aprendi no CRAS do Jardim Esperança e estas estão muito bonitas - elogiou.

Programa "Promovendo a Dignidade"

O Programa Municipal "Promovendo a Dignidade" foi criado pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) com o objetivo de levar aos usuários dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), a oportunidade de participar de oficinas de geração de trabalho e renda.

Um dos critérios para estar no programa é participar do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que acontece nos CRAS. Neste serviço, que é um complemento do Serviço de Proteção Integral à Família (PAIF), são trabalhados, entre outros fatores, a prevenção das ocorrências de situação de risco social, além das trocas de vivências, incentivando a socialização e a convivência comunitária.

› FONTE: ascom