Macaé News
Cotação
RSS

Escola de Surf promete ser atração no verão macaense

Publicado em 09/12/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Nossa cidade possui uma vocação natural para a prática do surf.

Nossa cidade possui uma vocação natural para a prática do surf.

Com a chegada da estação mais quente do ano, a Prefeitura de Macaé e a Fundação de Esporte e Turismo (Fesportur) trazem novidades para a Escola de Surf. Uma parceria com a Odebrecht Ambiental permitiu a revitalização do container, sede da escola. O programa oferece aulas gratuitas que acontecem no final da praia dos Cavaleiros, de terça a sexta das 8h às 10h e das 14h às 16, para jovens de sete a 17 anos.

Esporte difundido em todo mundo e com muitos praticantes na cidade de Macaé, o projeto busca formar uma nova geração de surfistas. Atualmente, a Escola de Surf possui cerca de 50 alunos. Para o professor, Luiz Jorge, conhecido como Bico, a expectativa é que aumente a procura nesta época do ano.

- Com as férias escolares e a chegada do verão as aulas passam a receber um maior número de alunos.  Para se inscrever é simples, basta o interessado, acompanhado dos pais, trazer atestado médico e uma foto 3x4 e preencher a ficha de inscrição na sede da escola. Pedimos aqueles que possuem material (prancha e acessórios) que tragam, caso não tenham, nós fornecemos, ressalta o professor.

Bico explica que as aulas possuem, além da parte prática, orientações sobre o mar e a vida marinha, conscientização ambiental e preparação, desde alongamento, trabalho de equilíbrio e resistência. Presidente da Fesportur, Ricardo Salgado, destaca a importância da Escola de Surf de Macaé que já tem mais de dez anos de atuação.

- Nossa cidade possui uma vocação natural para a prática do surf. Possuímos um ambiente propício para os surfistas e a Escola de Surf  tem o intuito de estimular a prática esportiva desde cedo e formar uma nova geração de surfistas. Firmamos parceria coma Odebrecht Ambiental que vai revitalizar a sede, oferecendo melhor estrutura para professores e alunos, informa Salgado.

Uma das maiores promessas do surf macaense, Nicholas Botelho, 14 anos, formado pela Escola de Surf,  agarra a oportunidade oferecida pelo projeto.

- Temos que valorizar a oportunidade que a Prefeitura e a Fesportur proporcionam. Sabemos que são poucos os lugares que podemos aprender desde cedo a surfar com toda estrutura e professores de alto nível,  destaca o jovem talento.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário