Macaé News
Cotação
RSS

Escritório dos EUA abre ação contra Petrobras

Publicado em 09/12/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


O escritório norte-americano de advocacia Wolf Popper anunciou que entrou com uma ação coletiva contra a Petrobras, em nome de investidores que compraram American Depositary Receipts (ADRs), que são certificados de ações listadas na Bolsa de Valores de Nova York. A ação foi aberta na Corte de Nova York e, de acordo com o escritório, a estatal brasileira violou a lei da Securities and Exchange Commision (SEC), que regula o mercado de capitais nos EUA.

O processo recai, especificamente, sobre os investidores que compraram papeis da Petrobras entre maio de 2010 e novembro de 2014. A ação afirma que a empresa forneceu "material falso e comunicados enganosos" que não citavam um "esquema interno multibilionário de corrupção e lavagem de dinheiro". Segundo o processo, a estatal será acusada de superfaturar o valor de propriedades e equipamentos em seu balanço. Por sua vez, a Petrobras informou que "não foi intimidada da ação judicial".

A estatal brasileira e uma das principais empresas do país está sendo alvo de uma operação da Polícia Federal que aponta para rombos e esquemas de corrupção que envolvem, inclusive, empreiteiras e partidos políticos. O escândalo chegou a comprometer a imagem da presidente Dilma Rousseff durante as eleições de outubro, já que a mandatária foi presidente do Conselho de Administração da estatal. (ANSA)

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário