Macaé News
Cotação
RSS

Desenvolvimento Econômico e Tecnológico de Macaé tem nova gestão

Publicado em 05/12/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Macaé concentra as 45 grandes marcas empresariais da área de petróleo e gás

Macaé concentra as 45 grandes marcas empresariais da área de petróleo e gás

A equipe reestruturada da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico foi apresentada pelo novo gestor da pasta, Vandré Guimarães, na manhã desta sexta-feira (5), na sede do Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Fumdec), na Imbetiba, a membros do governo municipal e a dirigentes de instituições dos setores da Indústria e do Comércio de Macaé.

Vandré Guimarães, que acumulava os cargos de subsecretário de Indústria e Comércio e de presidente do Fumdec, é pós-graduado em administração pública e empresário macaense. Ele assume a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico já familiarizado com as principais demandas da pasta. O Terminal Portuário de Macaé (Terpor), com início de obras no bairro São José do Barreto previsto para março do próximo ano, tem o processo conduzido pela subsecretaria que era gerida por ele.

Para que o empreendimento se inicie, está sendo aguardado o parecer do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), solicitado pelo Ministério Público. A expectativa da gestão municipal é que esse parecer vá ao encontro do dos órgãos ambientais federais e que a licença seja emitida dentro do prazo previsto, não atrasando o projeto. O Terpor ocupa uma posição central da política pública de desenvolvimento econômico para que Macaé se mantenha como cidade referência no país para a indústria de óleo e gás.

Também estava aos cuidados da Subsecretaria de Indústria e Comércio as obras de reforma e ampliação do aeroporto e o projeto Porto Seco, que constitui a construção de uma pista para aviões de carga. “O prefeito, Dr. Aluízio, esteve ontem, no Rio de Janeiro, captando novos atores políticos e firmando entendimentos para a viabilização do Porto Seco. Não estamos medindo esforços e esse trabalho terá continuidade com a reestruturação da Secretaria. Ressaltamos a importância para nosso município dessas indústrias que geram impostos que se revertem em mais infraestrutura e em desenvolvimento social”, disse o novo secretário.

Outro destaque do órgão é o Macaé Techno Park, que continua sendo gerido pelo subsecretário de Ciência e Tecnologia, Joelson Tavares. A meta é que o parque tecnológico de Macaé comece a ser operacionalizado na mesma época em que o Terpor, a partir do segundo semestre de 2016.

- Macaé concentra as 45 grandes marcas empresariais da área de petróleo e gás, como não ocorre em nenhum outro município do país. Temos desafios que estão sendo superados, porque temos o diferencial de estarmos conseguindo um bom relacionamento com os diversos órgãos de toda a estrutura do governo municipal, das outras esferas e com os empresários. Toda a tecnologia que possibilitou o pré-sal foi desenvolvida aqui e precisamos reter esse conhecimento. Por isso o Techno Park é estratégico -, destacou.

À frente da Subsecretaria de Pesca se mantém Rizete Ribeiro, que atuou por treze anos na Colônia de Pescadores. Vandré salientou que a pesca é uma atividade econômica de relevância para o município e será assim encarada, visando o desenvolvimento local. Assumem a Secretaria de Indústria e Comércio e o Fumdec, respectivamente, Clovis Queiroz e Leonardo Pessanha. Clovis é empresário na cidade há 35 anos e Leonardo é especialista em análise orçamentária e empresário. A Casa do Empreendedor, vinculada ao Fumdec, passa ser coordenada pela especialista em administração pública, Valciléia Sanches, servidora estatutária há 11 anos. Também uma servidora, Camila Andrade, assume o cargo de subsecretária de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico. A coordenação de Infraestrutura e Indústria será do especialista em licenciamento ambiental, Gustavo Wagner.

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário