Macaé News
Cotação
RSS

Segunda etapa da Provinha Brasil é aplicada até dia 9 em Macaé

Publicado em 03/12/2014 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


A rede municipal segue, até terça-feira (9), com a aplicação da segunda etapa da Provinha Brasil. O objetivo é avaliar o nível de alfabetização em leitura e matemática de 3.170 estudantes da rede municipal, matriculados no segundo ano de escolaridade. Em Macaé, estão sendo avaliadas 139 turmas de 46 escolas. Nesta semana, a avaliação, que conta com 20 questões de múltipla escolha, foi realizada em unidades como Alvarez Parada e Paulo Freire.

Nesta quarta-feira (3), mais de 95 alunos participaram da Provinha Brasil, na Escola Parque Municipal Professora Maria Angélica Ribeiro Benjamim (Aroeira). O aluno Aluízio Marçal Ribeiro, de sete anos foi um dos participantes. Atento à provinha, ele disse que gostou das questões de Português. “Acho que fiz uma boa prova”, contou ao lado da professora Maria Ester Amâncio.

De acordo com a diretora da unidade, Andrea Martins Alves, mesmo em período de realização de provas do quarto bimestre, esta avaliação é considerada importante para o processo de ensino. “Avaliações como estas são essenciais não só para perceber a aprendizagem dos alunos, mas para o aprimoramento dos educadores”, disse.

Segundo a subsecretária de Ensino Fundamental, Luciane Carneiro, a partir das informações obtidas pela avaliação, os gestores e professores terão condições de intervir de forma mais eficaz no processo de alfabetização. “Esta é uma das estratégias pedagógicas, que podem contribuir com a alfabetização dos alunos, até a faixa de oito anos”, observou.

Assim como o Pacto Nacional de Alfabetização na Idade Certa (Pnaic), a intenção da Provinha Brasil é que todos os estudantes saibam ler e escrever, conforme uma das metas previstas pelo Plano de Metas Compromisso de Todos. Após a correção, o resultado das avaliações será encaminhado à Coordenação do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental da Secretaria de Educação que enviará os dados ao Ministério da Educação (MEC).

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário