Macaé News
Cotação
RSS

Multinacional é inaugurada e gera mais oportunidades em Macaé

Publicado em 14/11/2014 Editoria: Geral 3 comentários Comente! Imprimir


De acordo com Pat Herbert, a JDR tem condições de contribuir para o desenvolvimento do mercado subsea brasileiro

De acordo com Pat Herbert, a JDR tem condições de contribuir para o desenvolvimento do mercado subsea brasileiro

Esse mês, o setor subsea na­cional ganhou mais uma unidade multinacional com a instalação da JDR Brasil Service Facility, que devera gerar na cidade de Macaé, centenas de empregos diretos e indiretos. Atualmente a empresa é importante fornecedora de tecno­logia de conexão para a indústria global de energia offshore, que permitem o controle vital do forne­cimento de energia para o setor de petróleo, gás e sistemas de energia renováveis.

De acordo com o presidente da empresa, Pat Herbert, a JDR tem condições de contribuir para o desenvolvimento do mercado subsea brasileiro e está fazendo esse movimento para aumentar o apoio aos seus clientes estabele­cidos e potenciais que já operam na região. “Esta nova instalação ‘state-of-the-art’ da JDR terá um alto percentual de conteúdo local. Estamos contratando toda a nossa equipe de profissionais no Brasil, pois vamos executá-la com uma equipe de gestão local”, afirmou o presidente, destacando que o ob­jetivo de longo prazo da empresa é ter uma fábrica de produção umbi­lical local, demostrando o compro­misso da JDR com o desenvolver do setor no Brasil.

Atendendo a demandas em classe mundial de grandes empre­sas de energia prestadoras de ser­viços submarinos, a nova unidade da JDR em Macaé irá oferecer su­porte à instalação offshore, repara­ção e manutenção (incluindo testes de pré-comissão, pressão, rubor, investigação e análise), serviços de oficina (hidráulicos, testes, análi­ses, reparos, melhoramentos e de saúde dos ativos), gestão de peças de reposição, fornecimento de pro­dutos novos ou de repetição como jumpers, umbilicais, cabos subma­rinos e outros tipos de serviços e equipamentos periféricos.

Sendo a cidade de Macaé a escolhida para sediar a unidade brasileira, mais de 80 pessoas es­tiveram presentes na inauguração, entre representantes da prefeitura de Macaé, Comissão de Empresá­rios da cidade, Governo do estado, representantes de grandes empre­sas de petróleo e gás, incluindo a Petrobras.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


3 comentários

Deixe o seu comentário