Macaé News
Cotação
RSS

Tudo pronto para V Conferência de Planejamento e Orçamento Participativo

Publicado em 14/11/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Durante a conferência estão previstas várias palestras

Durante a conferência estão previstas várias palestras

Objetivando informar à população sobre as de­mandas das localidades e os projetos da Adminis­tração Municipal para a cidade em todas as áreas, no sábado, dia 15, a se­cretaria de Planejamento, Urbanismo e Habitação de Rio das Ostras, realiza, no Teatro Popular, a par­tir das 8h, a V Conferência Municipal Planejamento e Orçamento Participativo adulto. Nas reuniões, os moradores que quiserem fazer reivindicações dire­tas às secretarias de Go­verno também podem se manifestar por meio de um formulário próprio.

Durante a conferência estão previstas palestras. A primeira será minis­trada pelo secretário de Obras, Wayner Fajardo, e terá como tema os “Pro­jetos Previstos para o ano de 2015”. A segunda, que será ministrada por um representante da Contro­ladoria Geral, terá como tema a “Aplicação dos Re­cursos dos Royalties no Município”.

De acordo com o coor­denador do Programa de Orçamento Participativo, Heraldo Modesto, a con­ferência este ano terá um modelo diferente, já que as reuniões com a comu­nidade já foram realiza­das em cada setor. Para Modesto a Conferência é o momento certo para que a população tenha conheci­mento de como é elabora­do o Orçamento do muni­cípio e como se determina as áreas de investimentos.

“É muito importante a participação da comu­nidade nas reuniões seto­riais e dos Conselhos para que as pessoas saibam como funciona os trâmites dentro do serviço público e como poderão reivindi­car as melhorias para suas localidades. Acredito que somente pela participação popular podemos exercer o controle social de forma democrática e efetiva”, fa­lou o coordenador do Or­çamento Participativo.

O objetivo do OP é per­mitir que a população exer­ça a cidadania de forma ampla e irrestrita. A comu­nidade tem a oportunidade de escolher as prioridades para serem incluídas no or­çamento do município para o ano seguinte nas áreas de Saúde, Educação, Turismo, Infraestrutura, Meio Am­biente, Assistência Social, Capacitação, Trabalho e Renda, Circulação, Trans­porte, Segurança, Esporte e Lazer.

› FONTE: RJ News


sem comentários

Deixe o seu comentário