Macaé News
Cotação
RSS

Museu a céu aberto do Caju em Campos tem 200 sepulturas históricas

Publicado em 03/11/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


O museu a céu aberto do Cemitério do Caju, o maior interior do estado do Rio, possui cerca de 200 sepulturas históricas que se destacam entre as 18.600 existentes por todo o cemitério. São sepulturas responsáveis por compor um espaço de belas esculturas, que guardam em sua arquitetura uma rica história.

Segundo o diretor de Cemitérios da Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), Júlio César Xavier, após o Dia de Finados, lembrado neste domingo (2), será colocado em prática um projeto voltado para o museu a céu aberto, em parceria com a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

- O projeto consiste em homenagear as pessoas que não estão mais entre nós, colocando nas sepulturas placas contando sua história de vida e a origem arquitetônica de seus jazigos. São pessoas que tiveram um papel importante no município e uma participação efetiva na sociedade – disse Júlio César.

Ele informou que fazer contato com as famílias é uma parte primordial no processo. “O objetivo é saber das famílias, um pouco mais de seus entes queridos, e assim, resgatar sua história, que será repassada aos visitantes, em sua maioria, alunos da rede municipal de ensino”, ressaltou o diretor.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário