Macaé News
Cotação
RSS

Programa de Jean Wyllys no Canal Brasil causa polêmica antes da estreia por tratar de temas ligados às diversidades

Publicado em 03/11/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nessa quarta-feira (29) foi a estreia de Jean Wyllys no Canal Brasil. Deputado federal reeleito, jornalista, escritor, professor, Jean começa a apresentar na emissora, no dia 13 de novembro, um programa que vai falar de cinema dentro da temática das diversidades. Foi justamente isso que levou muita gente a se manifestar, pedindo ao canal para cancelar a atração. Outros preferiram dirigir suas críticas diretamentre a Jean Wyllys.

Batizado de “Cinema em Outras Cores”, o programa propõe uma reflexão acerca da diversidade sexual ao revelar diferentes olhares sobre o tema. Com curadoria do próprio Jean, serão exibidos 13 curtas-metragens retratando as dores, os amores, as lutas e as esperanças da população de gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e travestis (LGBT). A atração aborda ainda temas polêmicos, dentre eles a legalização da maconha.

No programa, o apresentador também recebe diretores, roteiristas e atores vindos de todas as regiões do Brasil para uma conversa sobre suas obras. Robert Guimarães, Daniel Ribeiro, René Guerra, Paula Lice, Fábio Audi e Bárbara Roma são nomes confirmados para a primeira temporada.

Com longo histórico na defesa de movimentos LGBT, de negros e de mulheres, o jornalista recebeu em 2013 o Troféu Nelson Mandela, por sua atuação em defesa da igualdade. Em 2014, pela segunda vez, foi eleito Personalidade LGBT do Ano, pelo DiverCidade Maravilhosa, além de vários prêmios em reconhecimento pelo seu trabalho como deputado federal.

Para celebrar a data de estreia, o Canal Brasil realiza uma edição especial do Cine Chat. Seguindo a proposta de aproximar o público dos realizadores de suas produções, o assinante pode assistir ao programa e conversar ao vivo com Jean Wyllys no site do Canal Brasil, durante e após a exibição.

Sim, porque, a despeito das manifestações contrárias, o canal Brasil anuncia que vai, sim, levar o programa ao ar. 

Veja, agora, a nota de Jean Wyllys:

Há certo desespero no ar para que o programa “Cinema em outras cores”, que vou estrear dia 13, não vingue; um certo desespero para convencer o Canal Brasil a não exibir o programa, que irá tratar sobre diversidades, liberdades individuais e outros temas que vão muito além do que conseguem alcançar os fundamentalistas religiosos que enchem a página da emissora de insultos (o mal é sempre diligente). As outras cores são, sobretudo, as cores das liberdades individuais em tempos de tecnologia acessível e barata, que possibilita a praticamente tod@s nós fazer cinema, mesmo com um simples celular na mão e uma ideia na cabeça. Abrir espaço para todas as possíveis novas visões de mundo é uma atitude meritória para um canal de TV, e materializar isto em um programa é uma conquista que não é só minha, mas de todo um conjunto de pessoas que vai muito além da comunidade sexo diversa.

A estes desesperados, meu lamento. Aos demais, convido a assistir ao making of onde apresento o programa e sua temática: http://goo.gl/5l1MEh. Estreamos, queiram ou não a claque fundamentalista e homofóbica, no dia 13/11 às 23h30, com reprise às 3h30 de domingo.
Aproveito para repetir aqui o desafio do Canal Brasil, neste post: http://goo.gl/dPChBt. Assista ao vídeo ANTES de opinar!

AGÊNCIA LGBT NO FACEBOOK

› FONTE: Agencia LGBT


sem comentários

Deixe o seu comentário