Macaé News
Cotação
RSS

Estado desapropria terreno para construção de pistas de acesso a condomínio em Teresópolis

Publicado em 31/10/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


O governador Luiz Fernando Pezão publicou, no Diário Oficial desta quinta-feira (30/10), decreto determinando a desapropriação de um terreno em Teresópolis para a construção de pistas de acesso ao Condomínio Fazenda Ermitage. No local estão sendo construídas 1,6 mil unidades habitacionais para desabrigados das enchentes de 2011 pelo programa Minha Casa Minha Vida. O terreno, de 4.255 metros quadrados, é localizado na Rua Wilhelm Cristian Klemme.

A desapropriação do terreno é fundamental para entrega dos apartamentos, já que permitirá a construção de vias que farão a ligação entre o condomínio e um viaduto na BR 116, que também faz parte do pacote de obras de infraestrutura, contratadas pelo Estado. A construção do viaduto, localizado em frente ao condomínio, é uma das condições para que os imóveis sejam entregues aos moradores, uma vez que possibilitará o acesso às residências sem interferência da rodovia, além de facilitar o tráfego de veículos diretamente com o centro da cidade.

Condomínio Fazenda Ermitage

O governo do estado investiu R$ 5,7 milhões na desapropriação da fazenda e mais R$ 21 milhões na implantação de infraestrutura do terreno. Além disso, irá contribuir com R$ 14 milhões para a construção dos prédios residenciais, orçada em R$ 177,5 milhões, cuja construção é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal (CEF). As intervenções compreendem drenagem, canalização do Rio Ermitage, contenção de encostas, pavimentação de ruas, implantação de redes de abastecimento de água, de esgotamento sanitário com estação de tratamento, de telefonia e de energia elétrica e a construção de um viaduto sobre a BR-116.

No terreno de 272,58 mil metros quadrados, estão sendo construídos 80 blocos, cada um com 20 apartamentos. Cada apartamento terá cerca de 43,23 metros quadrados de área, com sala, dois quartos, cozinha e banheiro. Os ambientes receberão revestimento no piso, inclusive as paredes da cozinha e do banheiro. Haverá uma área destinada à construção de lojas comerciais, creche, escola, posto de saúde, estacionamentos e áreas. A prefeitura ficará responsável pela construção de lojas comerciais, creche, escola, posto de saúde, estacionamentos e áreas de lazer.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário