Macaé News
Cotação
RSS

Dilma e Aécio se atacam no 1º bloco do debate

Publicado em 15/10/2014 Editoria: Eleições 2014 sem comentários Comente! Imprimir


Dilma e Aécio durante o início do debate da Band

Dilma e Aécio durante o início do debate da Band

Após exporem suas propostas de governo, candidatos apontaram falhas nos governos de seus respectivos partidos

Na noite desta terça-feira (14), Aécio Neves e Dilma Rousseff começaram o primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República no segundo turno, organizado pela Band, expondo suas propostas para o Brasil.

Dilma foi a primeira pela ordem do sorteio e disse que acredita que nessa eleição era importante lembrar que o PT tirou 36 milhões de pessoas da pobreza e elevou outros 42 milhões à classe média. Ela também garantiu que investirá mais em saúde e educação, além de combater sem trégua a corrupção.

Aécio, por sua vez,  disse que o debate inaugurava a fase final daquilo os brasileiros querem para o futuro. O tucano lembrou os avanços sociais do governo Lula, provenientes da estabilização da economia do PSDB, mas disse que nos últimos quatro anos o "Brasil deixou de funcionar", destacando a inflação crescente.

No confronto direto, a primeira pergunta também coube à Dilma, que aproveitou para dizer que o governo do PSBD em Minas Gerais desviou R$ 7,6 bilhões, o que prejudicou a Saúde no Estado.

Dilma para Aécio: O que o senhor acha da minha proposta do Mais Especialidades?

"Lamento que a senhora esteja tão desinformada", começou Aécio, rebatendo a afirmação da petista sobre a Saúde mineira. O ex-governador disse que Minas Gerais tem a melhor qualidade de saúde de todo Sudeste, fato atestado pelo Ministério da Saúde e rebateu dizendo que o Governo Federal tem diminuído a participação na Saúde.

Aécio também disse que o Mais Especialidades era uma proposta antiga do PSBD e que lamentava que Dilma só falasse sobre ele no final do mandato.

Dilma respondeu que únicas propostas que Aécio apresenta eram a continuidade das dela. Reforçou que o PSBD desviou R$ 7,6 milhões em MG, o que poderia ser checado no site do Ministério da Saúde. Ela ainda afirmou que o serviço do SAMU mineiro era o pior do Brasil

"Não falar a verdade se tornou uma tônica da sua campanha desde o primeiro turno", revidou Aécio. "O Ministério da Saúde de seu governo é quem diz que MG tem a melhor qualidade de saúde no Brasil".

Aécio para Dilma: “A senhora não se arrepende de ter feito campanha com ataques violentos e cruéis?

"Acho que quem faz ataques violentos é o senhor e distorce os fatos", respondeu Dilma. A presidente disse que PSBD fez apenas o Bolsa Escola, que tratava de 5 milhões de brasileiros, não 50. Destacou que BNDES e Banco do Brasil são grandes instituições, que serão prejudicadas pelo PSDB. "Vocês têm dois pesos e duas medidas, nunca fizeram programas sociais", disse a petista.

"A senhora falta com a verdade, ninguém deve nada para saúde", afirmou Aécio Neves. O tucano disse que maior programa de inclusão social do Brasil não foi o Bolsa Família, mas a estabilidade proporcionada pelo Plano Real. O ex-governador mineiro ainda destacou que o Tesouro deve à Caixa deve R$ 10 bilhões e destacou que dará transparência ao bancos públicos se for eleito.

› FONTE: Band


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: