Macaé News
Cotação
RSS

Outubro Rosa’ em destaque no município de Itaperuna

Publicado em 15/10/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Sucesso no ano passado, o projeto “A Saúde vai à feira” será realizado novamente

Em Itaperuna, RJ, o “Outubro Rosa”, cuja temática aborda a prevenção do câncer de mama, será destaque em todo o município durante este mês. Dentre as inúmeras atividades, o projeto “A Saúde vai à feira” será realizado novamente, com o intuito de alcançar o sucesso ocorrido no ano passado.

A partir desta sexta-feira (03), o Centro de Saúde Dr. Raul Travassos estará de portas abertas para a realização do preventivo e o exame de mama. O funcionamento será de 8h às 16h (segunda a sexta). Nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF), antigo Postinho, esses exames serão feitos com agendamento prévio.

A SAÚDE VAI ÀFEIRA - II EDIÇÃO

Este ano o tema da campanha de prevenção ao câncer de mama é: “Rosa é o tom da conscientização - Sua Vida é Preciosa!”. O evento terá a culminância no dia 18, de 8h às 12h, na feira livre, Av. Deputado Cory Pillar, Bairro Cidade Nova (proximidades do Supermercado Unidos). No local, haverá orientações com profissionais especializados, bem como consultas médicas e de enfermagem.

A iniciativa tem como público alvo as mulheres a partir de 40 anos que não fizeram mamografia nos últimos dois anos. A Secretaria Municipal de Saúde oferece especial atenção à detecção do câncer de mama, considerada a segunda causa de morte entre as mulheres brasileiras.

Quanto a prevenção para rastreamento precoce do câncer de mama, deve ser feita por todas as mulheres, de 25 a 59 anos, principalmente a mulher que nunca realizou ou fez mamografia há mais de um ano, mesmo que não tenha qualquer sintoma.

ITAPERUNA E A PREVENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA

A Secretaria Municipal de Saúde tem bons motivos para comemorar. As campanhas referentes ao “Outubro Rosa” em 2013 foram um sucesso e alcançaram resultados positivos. Em 2014 as ações começaram no dia 01 de outubro, no Centro de Saúde Dr. Raul Travassos, com trabalhos preventivos e educativos.

Já o projeto “A Saúde vai à feira” - II Edição, contará com o apoio de aproximadamente 60 profissionais da área de Saúde, acadêmicos e voluntários, que atuarão nas dependências da unidade de ESF - Costa e Silva, onde será instalado o ambulatório para avaliações clínicas, médicas e de enfermagem.

Na oportunidade haverá consulta clínica, requisições para marcação de exame de mamografia, sala de espera, orientações relativas à educação em saúde e prevenção sobre o câncer de mama, além de outros serviços.

EXPECTATIVA DO MUNICÍPIO

A enfermeira Sandra Helena, coordenadora do PAISM (Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher), disse que a expectativa para 2014 é de garantir o maior número possível de acesso ao exame de mamografia, das mulheres atendidas pela campanha, com o intuito de alcançar a cobertura de metas instituídas pelo Ministério da Saúde.

Ela ainda informou que a campanha será contínua e abrangente, inclusive, sendo realizada nos bairros e distritos que possuam unidades de ESF. “As mulheres na faixa etária dos 40 anos em diante, com as características daquelas que são alvo da campanha, devem procurar o enfermeiro ou médico da unidade de ESF mais próxima de sua residência e agendar sua consulta, além de requerer o pedido de exame de mamografia. Com o pedido em mãos, a mulher deve ir até o CONSPINOR para pegar a autorização e marcar o dia da mamografia”, explica.

OBJETIVOS

Dentre os objetivos da campanha, a Secretaria Municipal de Saúde visa caracterizar o perfil mastológico das mulheres atendidas pelo PAISM. Busca também esclarecer sobre a periodicidade dos exames, com o intuito de rastrear precocemente o câncer de mama. Já o êxito das ações de rastreamento depende dos seguintes pilares: informar e mobilizar a população e a sociedade civil organizada; alcançar a meta de cobertura da população-alvo; garantir acesso a diagnóstico e tratamento; garantir a qualidade das ações; e monitorar e gerenciar continuamente as ações.

A Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou as seguintes equipes para trabalhar durante o “Outubro Rosa”: NICES (Núcleo de Informação, Comunicação e Educação em Saúde); PAISM (Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher); Programa Municipal de Hepatites Virais e AIDS/HIV; além de profissionais do Centro de Saúde Dr. Raul Travassos.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário