Macaé News
Cotação
RSS

Melhorias no Hospital Publico de Macaé vão garantir mais eficiência

Publicado em 17/01/2014 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Em mais uma ação visando a melhoria dos serviços de saúde do município, a Fundação Municipal Hospitalar de Macaé adquiriu novos equipamentos para as unidades de tratamento intensivo, e realiza a reforma geral na cozinha do Hospital Público Municipal (HPM), que também ganhará nova estrutura de atendimento de urgência e emergência.

De acordo com o presidente da Fundação, Newton José, a demanda do hospital cresce a cada dia. Atualmente, o hospital atende a uma população estimada de 500 mil pessoas por ser uma referência na região. “Queremos oferecer um atendimento eficiente voltado para o bem estar das pessoas que procuram a instituição. Por isso o prefeito percebeu a necessidade da construção de um anexo”, frisou.

Antes de iniciar o novo projeto, o hospital passa por reformulações como a aquisição de equipamentos mais modernos e funcionais. Estão sendo instalados, nas unidades de Serviço de Tratamento Intensivo (STI), monitores e respiradores de ponta, que irão atender adultos e crianças, principalmente os bebês prematuros de baixo peso.

A ampliação da unidade terá mais 100 novos leitos, com serviços de politrauma, voltados para o atendimento de emergência e urgência. Anexo a essa estrutura, será implantado um novo centro cirúrgico, visando melhorar ainda mais o atendimento aos munícipes.

Os setores de farmácia e laboratório também foram modernizados e, hoje, têm um novo conceito de trabalho, que busca a qualificação do atendimento. O HPM também está com duas novas ambulâncias UTIs. Já no Hospital da Serra, o centro cirúrgico foi revitalizado e, atualmente, vem realizando cirurgias por videoparalascopia.

Reforma – A reforma da cozinha do HPM começou em dezembro e já foi iniciado o serviço de colocação de revestimento retificado com rejuntamento epóxi, que suporta material ácido e não cria mofo.

- Esta é uma obra de revitalização para agregar qualidade as ações e serviços, além  de adequar as exigências sanitárias, assim como as questões de ergonomia, tornando o ambiente mais seguro -, disse Newton José.

Ele acrescentou que todo trabalho tem sido feito em equipe e com total apoio do diretor superintendente do HPM, Flávio Vouzela, e dos demais diretores.     

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário