Macaé News
Cotação
RSS

CBF admite falhas em ´carta na manga` da Lusa

Publicado em 19/12/2013 Editoria: Esporte sem comentários Comente! Imprimir


Para convencer o Pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) a rever a punição que a coloca na Série B do ano que vem, a Portuguesa planeja se apegar a uma falha da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) no chamado “BID da Suspensão” – sistema que avisa se um atleta tem ou não condições de jogo. De acordo com o jornal “Lance!”, a própria entidade admite uma defasagem de atualização e informação no programa.
Segundo o “Lance!”, o sistema informou a punição de dois jogos do meia Héverton apenas em 10 de dezembro – quatro dias depois do julgamento do atleta no STJD. No dia 8, ele foi relacionado e entrou em campo contra o Grêmio, o que causou a perda de quatro pontos à Lusa e a consequente queda à segunda divisão – pelo menos até o julgamento do recurso do clube no Pleno do Tribunal.

O chamado “BID da Suspensão” é acessado apenas pelos clubes, por meio de login e senha, e foi implementado pela CBF em setembro deste ano. A entidade, inclusive, enviou recentemente uma orientação aos clubes para que eles adotassem esse novo sistema de consulta.
O que pesa contra a Lusa, porém, é o parágrafo primeiro do artigo 57 do Regulamento Geral das Competições (o clube não pode depender da entidade para controlar a condição de jogo dos jogadores). De acordo com a CBF, ainda não há condições de controlar todas as punições pelo país.
Diante de tudo isso, a fragilidade na atualização do “BID da Suspensão” será utilizada pela defesa da Portuguesa no próximo dia 27, data do julgamento no Pleno do STJD, para apontar a CBF como “coautora” do erro na escalação de Héverton.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário