Macaé News
Cotação
RSS

Macaé Pipas conscientiza famílias

Publicado em 12/01/2014 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Um colorido especial no céu da Praia dos Cavaleiros na tarde deste sábado (11). O 1º Macaé Pipas encantou participantes e apreciadores. O evento, promovido pelo gabinete do vice-prefeito, Danilo Funke, aconteceu em frente ao Clube Cidade do Sol e reuniu diversas famílias. A iniciativa, que visa orientar, educar e divertir, contou com a distribuição de 500 pipas. Além disso, o público recebeu orientações sobre a forma correta de soltar pipas.
O conferente de materiais, Fabrício Nascimento da Silva, 37 anos, levou seu filho Cauã de Souza da Silva, 7 anos, e seu sobrinho, Samuel Miranda, 15 anos. Ele revelou que não gosta muito de soltar pipa, mas compareceu para agradar a criançada. “É muito divertido isso. E aqui na praia ficou muito bom, pois não temos obstáculos”, ressaltou Samuel.

De acordo com o vice-prefeito, Danilo Funke, o Macaé Pipas tem uma proposta educativa. "Precisamos tirar a criançada do computador e televisão e mostrar como essa brincadeira pode ser saudável, uma vez que associa diversão e esporte, porém é preciso pensar a brincadeira de forma séria. Não podemos esquecer que perdemos uma vida no ano passado, e outros acidentes envolvendo rabiolas (usadas nas pipas) foram registrados. O evento tem um objetivo maior que visa educar a criançada que se diverte com a brincadeira”, acrescentou.

Orientações
No período de férias escolares a prática de soltar pipas aumenta, e com ela alguns cuidados devem ser tomados para se evitar acidentes. Com a adoção de algumas medidas de segurança é possível se divertir sem colocar vidas em risco. O primeiro vilão é o cerol, mistura de cola e vidro, que é passada na linha para disputar a pipa do outro, prática que provoca inúmeros casos de morte por cortes da linha.  É preciso ter atenção porque no momento de empinar a pipa para evitar risco de atropelamento, queda de lajes ou buracos. O local mais indicado é um terreno plano, sem muitos obstáculos. Outro perigo está, muitas vezes, na rede elétrica, pois o simples ato de tentar puxar uma pipa presa aos fios de alta tensão pode provocar uma violenta descarga elétrica, capaz de levar à morte.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário