Macaé News
Cotação
RSS

Macaé - Rede municipal prioriza contação de histórias e recebe novos contadores

Publicado em 03/08/2014 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


A rede municipal de ensino ganhou, nesta sexta-feira (1), novos contadores de histórias, que participaram do curso “A arte de contar histórias”, ministrado pela Secretaria de Educação. Eles se envolveram em uma programação especial. Intitulada “Batismo”, a formatura foi marcada pela contação de histórias pelos formandos. Na plateia, além dos profissionais da Educação, estavam estudantes do curso de Formação de Professores do Colégio Estadual Luíz Reid.

Durante o evento, foram apresentadas histórias como “Minha chupeta virou estrela”, “O menino e o padre”, “A garça branca”, &39;O velho, o menino e o burro&39; e &39;O terrível guerreiro&39;. Animadas com o curso, as novas contadoras Carla Magaldi, Amana Carneiro e Ingrid de Lucena estavam orgulhosas com a formação. “Participar do curso foi maravilhoso. Levaremos toda nova concepção que aprendemos para nosso dia a dia na escola”, avaliaram.

Além das recém-formadas, o evento contou com a apresentação do grupo HistoriArte. As estudantes do curso de Formação de Professores, Ana Carolina de Souza e Beatriz de Lima, ambas de 15 anos, elogiaram o evento. “Quero me formar, fazer faculdade de Pedagogia e usar a contação de histórias com meus alunos. Para isso, quando tiver oportunidade vou me inscrever no curso, pois sei que a contação faz diferença junto ao imaginário dos estudantes”, disse Ana. Para a professora de Sociologia do Luiz Reid, Michelle Rodrigues, o momento foi proveitoso para que as futuras professoras conheçam mais sobre a arte de contar e encantar por meio de histórias.

Curso - O módulo, ministrado pela professora, Margarida Barcelos, apresentou estratégias práticas e teóricas sobre a contação que terá uma formatação diferente ainda neste mês de agosto. Desta vez, a equipe de contadores de histórias visitará as unidades municipais para apresentar aos dirigentes municipais o curso de Contador de Histórias Mirim. A formação visa atender estudantes do 6º ao 9º ano de escolaridade

O trabalho dos professores e equipe de contadores se destaca na rede municipal, por utilizar habilidades e técnicas específicas, os contadores de histórias apresentam crônicas, lendas e fábulas, não só em programações especiais, mas no dia a dia dos alunos. De acordo com a coordenadora do Programa de Leitura, Leila Mancebo, a contação de histórias favorece o desenvolvimento do estudante, amplia leque para a imaginação e criatividade. Já a subsecretária de Educação na Saúde, Cultura e Esportes, Mônica Couto, lembrou que a secretaria tem uma sala específica de Referência de Leitura e Formação de Leitores, para atender profissionais que estão participando de cursos de formação e também se tornou um espaço específico dedicado à contação de histórias.

BAÚ - Conforme a secretária de Educação, Lúcia Thomaz, o trabalho de contação de histórias nas salas de leitura e bibliotecas estimula o hábito e o prazer da leitura. Segundo ela, uma das novidades é a parceria com a Fundação Macaé de Cultura, a Vice-Presidência de Acervo e Patrimônio Histórico e a Secretaria Municipal de Educação que promovem nesta segunda-feira (4), às 18h, a entrega simbólica dos baús confeccionados, através do projeto “Juntos pela Educação Patrimonial”.

Durante o evento, que vai acontecer no Teatro Municipal de Macaé, os representantes das 103 unidades municipais de ensino vão receber baús, contendo os livros ‘Imagens do Século’- de 1898, ‘Relatos e personagens da história de Macaé’, além do CD com a nova versão comemorativa do Hino de Macaé. “Esta é mais uma oportunidade de resgatar e valorizar a história do município”, finalizou a secretária.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário