Macaé News
Cotação
RSS

Macaé terá Programa de Internato em ginecologia e obstetrícia

Publicado em 21/07/2014 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Guga Malheiros

Guga Malheiros

Depois de inaugurada, em fevereiro deste ano, o Programa de Residência Médica em pediatria e clínica médica, o município se prepara para receber, a partir do dia 4 de agosto, o Programa de Internato em ginecologia e obstetrícia, também junto à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), instalada em Macaé desde 2009.


O objetivo do Internato é proporcionar aos estudantes do 5o e 6o anos do curso de Medicina da UFRJ/Macaé estágio supervisionado por preceptores, que serão orientados por tutores da universidade. Os estudantes terão sua aprendizagem inserida na Rede de Atenção Básica de Saúde do município, no Hospital Público Municipal (HPM) e Hospital São João Batista.

Além do atendimento às expectativas dos cursistas, essa parceria entre academia e município provoca um constante aperfeiçoamento profissional dos preceptores, médicos da rede pública, e melhoria da qualidade da assistência à comunidade, em cumprimento às exigências para oferta de ensino. Por isso, os usuários também serão beneficiados pelo Internato.

Cerca de 30 estudantes de graduação estão aptos a ingressar no Internato que terá duração de quatro anos. Os alunos vão ter 90% de aulas práticas e 10% de teóricas. Eles atuarão no Núcleo de Atenção à Mulher e à Criança (Nuamc), na Aroeira, e nos hospitais públicos. Para isso, durante esta semana, o Nuamc, passou por reformas em toda estrutura de edificação.

Antecipadamente à reforma predial, uma reformulação nos trâmites do núcleo já garante maior celeridade e qualidade do atendimento. Nessa unidade, são oferecidos os serviços de mamografia; de ultrassonografia (com um novo aparelho); de farmácia; de fisioterapia, além de contar com uma equipe multidisciplinar que inclui dez ginecologistas e obstetras.

Nesta sexta-feira (18), gestores da Secretaria de Saúde e da Fundação Educacional de Macaé (Funemac) reuniram-se com representantes da UFRJ, na Cidade Universitária. O grupo ainda esteve no Nuamc para acompanhar a reforma.

- Estamos reformando o Nuamc também para atender ao intuito pedagógico. Pretendemos que Macaé ofereça um serviço de qualidade à população e também um ensino de qualidade, disse a subsecretária de Saúde, Sônia Mussi.

De acordo com a presidente da Comissão Pedagógica da UFRJ e Chefe do Setor de Ginecologia e Obstetrícia da UFRJ, Evelise Pochmann da Silva, a universidade colocará à disposição das unidades que receberão os estudantes todas as rotinas médicas, de acordo com o protocolo utilizado pela UFRJ, para sua implementação. Também esteve presente à reunião, a coordenadora do Curso de Medicina da UFRJ/Macaé, Jussara Mathias Netto.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário