Macaé News
Cotação
RSS

Rede municipal inicia atividade especial no Programa Correção de Fluxo

Publicado em 18/07/2014 Editoria: Cotidiano sem comentários Comente! Imprimir


A rede municipal segue com o Programa Correção de Fluxo, que vai realizar, a partir da próxima segunda-feira (21), junto aos mais 250 estudantes do 6º ao 9º ano,  atividades do projeto “O ser humano consciente da sua humanidade, nas relações de trabalho, cultura e gênero”. A iniciativa visa minimizar a defasagem referente à idade e ao ano escolar que o estudante deveria estar cursando. O programa segue a proposta do Ministério da Educação (MEC), que visa elevar a estima dos alunos, que conseguem avançar nos estudos.
 
A programação, que será abordada em todos os conteúdos, contará com uma ênfase transdiscisplinar (integração em várias disciplinas), e será trabalhada em sala de aula por atividades específicas como produção de gêneros textuais, apresentações de jogral, teatro, peça teatral, poesia e coletânea de imagens.
 
Uma das novidades é que, durante o projeto, também serão destacadas as metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para este milênio. São elas; erradicar a extrema pobreza e a fome, atingir o ensino básico universal, promover a igualdade de gênero e a autonomia das mulheres, reduzir a mortalidade infantil, melhorar a saúde materna, combater o HIV/AIDS, a malária e outras doenças, garantir a sustentabilidade ambiental e fortalecer  parceria mundial para o desenvolvimento. A partir do estudo das metas, os alunos serão levados a reflexões para que eles também elaborem um documento em prol do desenvolvimento da sociedade.
 
De acordo com a coordenadora do programa do 6º ao 9º ano, Aldelucia Porto, um dos fatores positivos do programa é que os estudantes conseguem, de acordo com o processo ensino-aprendizagem, estudar em dois anos de escolaridade em um semestre.  Ela explicou também que os estudantes do 1º ao 5º ano, que fazem parte do projeto, estão passando por avaliações referentes ao segundo bimestre. “As avaliações têm como  finalidade sanar a distorção idade e ano de escolaridade junto ao aluno até a faixa de 14 anos”, disse. Atualmente, o perfil dos estudantes do “Correção de Fluxo” abrange, em sua maior parte, alunos provenientes de outras cidades, que nem sempre estão com idade de acordo com a série, em virtude das mudanças de endereço.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário