Macaé News
Cotação
RSS

Agricultura investirá R$ 4 milhões em drenagem de estradas vicinais na Região Serrana

Publicado em 17/12/2013 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Através do Programa Estradas da Produção, estas mesmas vias foram recentemente contempladas

Através do Programa Estradas da Produção, estas mesmas vias foram recentemente contempladas

 

Os contratos de execução de obras de drenagem em estradas vicinais dos municípios de Nova Friburgo, Sumidouro e Teresópolis, Região Serrana do Rio, foram firmados nesta segunda-feira (16). Através de recursos financeiros oriundos do Bando Mundial, no valor de R$ 4 milhões, as obras serão coordenados pelos programas Rio Rural e Estradas da Produção, com início previsto para janeiro de 2014.

As estradas beneficiadas com as obras são: Floresta Mendes - Salinas e de Pilões, em Nova Friburgo; Água Quente - Batume e Serra do Vale Alpino, em Teresópolis; e estrada SU 02, com início na localidade de Lagoa, em Sumidouro. As vias foram selecionadas a partir de critérios que priorizam o atendimento ao maior número de agricultores familiares e ao maior volume de escoamento.

Através do Programa Estradas da Produção, estas mesmas vias foram recentemente contempladas com limpeza de valas, patrolagem e instalação de saídas de águas pluviais. Todas essas ações de infraestrutura rural complementam os trabalhos de recuperação da capacidade produtiva após a catástrofe climática de 2011 na Serra fluminense, região considerada a primeira em produção de folhosas e hortaliças, a terceira em termos de concentração da agricultura familiar, e a que possui a maior diversificação das atividades agroindustriais no estado.

Revestimento primário

Em 2013, diversas vias de escoamento agrícola dos municípios de Bom Jardim, Nova Friburgo, Sumidouro e Teresópolis receberam aplicação de material de revestimento primário (brita tipo bica corrida) para melhorar a condição operacional de acesso dos moradores e de escoamento da produção agrícola. Executadas pelos escritórios de engenharia rural da Emater-Rio, essas obras representaram um investimentos de R$ 1,9 milhão, também oriundos do Banco Mundial. Foram, ao todo, cerca de 30 mil metros cúbicos de material aplicado em 83 trechos de vias rurais considerados críticos em 22 microbacias hidrográficas. A iniciativa contou, ainda, com a parceria das prefeituras dos municípios contemplados.

VF

 

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário