Macaé News
Cotação
RSS

CBF espera Felipão anunciar demissão antes de falar em novo técnico

Publicado em 10/07/2014 Editoria: Copa 2014 sem comentários Comente! Imprimir


A diretoria da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) aguarda um pedido de demissão de Luiz Felipe Scolari para falar abertamente sobre o futuro da seleção brasileira. A permanência do treinador no comando do time é vista como improvável por quem conversou com José Maria Marin, presidente, e Marco Polo Del Nero, vice e futuro número 1 da confederação após a eliminação do Brasil.

Os cartolas não deram entrevistas depois da derrota vexatória por 7 a 1 para a Alemanha, na terça-feira, em Belo Horizonte. Marin irá à Granja Comary nesta quinta-feirae almoçará com os jogadorese com a comissão técnica.

O UOL Esporte apurou com pessoas próximas aos dois dirigentes da CBF que a tendência após o fracasso na Copa do Mundo é que eles esperem Luiz Felipe Scolari anunciar a sua saída do comandotécnico. O técnico já afirmou algumas vezes que seu contrato com a confederação vai até o final da Mundial.

"Temos um trabalho que combinamos com a CBF, e é bom que que eu coloque a vocês que eles nos deram as melhores condições. Nós temos um compromisso até o final do Mundial. Esse é um assunto que não vamos discutir até o jogo de sábado. Depois disso, provavelmente, vamos conversar com a direção da CBF, dar o relatório a eles, do que foi feito, como foi, e após isso vai definir alguma coisa. A decisão passa pela presidência da CBF, que vai decidir o que será feito", disse.

Antes do Mundial, havia a intenção dos cartolas de tentar manter o treinador. A manutenção dependeria do resultado do time no torneio e, claro, da vontadedo técnico. O cenário após o vexame no Mineirão, a maior derrota da história da seleção, é descartado.

Tite era apontado como favorito para o próximo ciclo da seleção brasileira antes da Copa do Mundo começar. Marin já elogiou o técnico publicamente. Foi o nome de Alexandre Gallo, porém, que o cartola apontou em entrevistas como possível substituto de Felipão.

Gallo atua como coordenador das categorias de base da CBF. Durante a Copa do Mundo foi responsável pela produção de relatórios sobre os adversários da seleção. Foi ele quem orientou Scolari sobre os pontos fortes e fracos da Alemanha, rival na semifinal que atropelou o Brasil no Mineirão.

O Brasil enfrenta a Holanda no próxima sábado, às 17h, em Brasília, na decisão pelo 3º lugar. Alemanha e Argentina decidem o campeão do Mundial de 2014 no domingo, no Maracanã.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: