Macaé News
Cotação
RSS

Saúde do Pescador festeja um ano de atividades em Rio das Ostras

Publicado em 02/07/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Sabino destacou a importância de um projeto voltado para a saúde dos pescadores e de seus familiares.

Sabino destacou a importância de um projeto voltado para a saúde dos pescadores e de seus familiares.

Atendimento de saúde direcionado aos trabalhadores da pesca, sempre adequado às suas necessidades. Com esse objetivo, a Prefeitura de Rio das Ostras criou o Projeto Saúde do Pescador, que acaba de completar um ano de bons resultados. Funcionando no posto de saúde da Boca da Barra, o projeto é promovido pela Secretaria de Saúde, com apoio da Secretaria do Ambiente, Sustentabilidade, Agricultura e Pesca do Município. Também marcando a data, uma equipe do Ministério da Pesca está na cidade realizando o recadastramento dos profissionais da atividade.

Nesta segunda, dia 30, houve uma solenidade para marcar o primeiro ano de atividades do projeto, que é extensivo aos familiares dos pescadores. Prestigiando o evento, o prefeito Sabino fez questão de destacar o diferencial do projeto no cotidiano dos pescadores, lembrando que a presença do Ministério da Pesca no Município se soma às ações da Prefeitura, que buscam melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores e seus familiares.

“Hoje estamos comemorando um ano do projeto que valoriza nossos pescadores. Nosso projeto foi pioneiro e tornou-se referência para outros municípios do Estado. O pescador precisa de um atendimento diferenciado, uma vez que seu trabalho o leva a passar muitas horas no mar. Nossos pescadores merecem esse reconhecimento por sua importância na história de nossa cidade”, afirmou Sabino.

Segundo a Secretária de Saúde de Rio das Ostras, Na Cristina Guerrieri, existia a necessidade de um atendimento diferenciado, com horário mais flexível, para os trabalhadores da pesca. “Boa parte dos pescadores argumentava que não conseguia ir ao médico por conta dos horários dos postos. Aqui fica mais fácil, uma vez que o atendimento acontece em turno diferenciado, de 16h às 20h”, comentou a secretária.

Sérgio Ferreira Lima é pescador há 29 anos. Morador de Boca da Barra, ele vê vantagens em receber consultas no horário diferenciado. “Para mim, é muito difícil parar meu trabalho e procurar atendimento médico. Por isso, fico tranquilo quando sei que aqui em Boca da Barra temos médico à noite. Minha família também acaba beneficiada, uma vez que podemos contar com todos aqui perto de casa”, destacou.

O projeto Saúde do Pescador oferece consultas de saúde, acompanhamento de exames e vacinação. Os trabalhadores têm à disposição atendimento de enfermagem, clínica-geral, dermatologia, odontologia, nutrição e fisioterapia.

RECADASTRAMENTO DOS PESCADORES – Uma equipe do Ministério da Pesca está em Rio das Ostras para realizar o cadastramento de todos os pescadores profissionais do Município. O RGP – Registro Geral dos Pescadores proporciona a aquisição da Carteira de Pescador, documento importante para o trabalhador, que tem a possibilidade de pagamento do INSS, por exemplo.

Segundo Ronaldo Paes Leme, responsável pelo Departamento de Aquicultura e Pesca de Rio das Ostras, o número de pescadores profissionais precisa ser atualizado, por isso a importância do trabalho feito pelo Ministério da Pesca, com apoio da FIPERJ – Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro. “Muitos profissionais estão na informalidade. Por isso a necessidade de um recadastramento e atualização de dados e a partir daí, direcionar cada vez melhor nossas ações de apoio a esses profissionais”, disse Ronaldo. 

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário