Macaé News
Cotação
RSS

Região dos Lagos ganha hospital especializado em trauma ortopédico e maternidade de alto risco

Publicado em 29/06/2014 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


A Região dos Lagos ganha nesta segunda-feira (30/06) um hospital novinho em folha. O Hospital Estadual dos Lagos será inaugurado em Saquarema, beneficiando mais de 2,3 milhões habitantes; moradores de municípios como Araruama, Armação de Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande, Rio das Ostras e São Pedro da Aldeia, além de Saquarema. O foco da unidade é o atendimento ao trauma ortopédico cirúrgico, maternidade de alto risco e ginecologia cirúrgica, que será feito de forma referenciada através da Central Estadual de Regulação. Foram investidos no novo hospital mais de R$ 46 milhões, sendo R$ 41,7 milhões de recursos do Governo do Estado.

A abertura será feita por fases. Já a partir da próxima semana, logo após a inauguração, será dado início ao atendimento da maternidade, dos serviços de imagem e das consultas ambulatoriais para agendamento de cirurgias eletivas.

Imagem - O modelo de agendamento dos exames de tomografia computadorizada, ultrassonografia, mamografia, ecocardiograma e Raios-X seguirá o já implementado com sucesso no Rio Imagem – Centro de Diagnóstico por Imagem do Governo do Estado, que funciona há dois anos e meio na Av. Presidente Vargas. Cada cidade terá sua cota mensal de exames – proporcional ao número de habitantes. O agendamento é feito pelas Secretarias municipais de Saúde em sistema online. Assim, o paciente só precisa comparecer à unidade no dia do exame.

Está prevista também a oferta de exame de ressonância magnética em um segundo momento.

Maternidade – Iniciará com maternidade de baixo risco, atendendo os casos de demanda espontânea. Na unidade, todos os bebês que nascerem farão os Testes do Pezinho, Orelhinha, Olhinho e Coraçãozinho. Para realizar o atendimento de gestantes e bebês de alto risco, o Hospital Estadual dos Lagos conta com equipe multiprofissional especializada com médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais.

A partir do segundo mês de funcionamento, as pacientes reguladas pela Central Estadual de Regulação farão pelo menos uma consulta no Hospital Estadual dos Lagos antes do parto. A maternidade dispõe de salas de PPP, onde a cama se transforma em mesa de parto normal e o acompanhante pode ver de perto a chegada do bebê. A infraestrutura da unidade também contempla uma sala de cirurgia para a realização de partos cesáreos.

Estrutura - São 56 leitos de internação, 10 leitos de UTI Adulto e 10 de UTI Neonatal, 5 de Unidade Semi-Intensiva Adulto, 4 salas de cirurgia, 2 de pré-parto/parto/puerpério (PPP), além de 4 consultórios. Em um deles vai funcionar o SOS Mulher, que vai atender vítimas de violência a partir de 12 anos de idade. Haverá também lactário, cartório, laboratório e unidade transfusional. O hospital dispõe de espaço de fisioterapia e reabilitação, suporte psicológico e de fonoaudiologia para o atendimento dos pacientes.

Equipe – Para esta primeira fase foram contratados 450 profissionais de saúde e das áreas de apoio (cozinha, limpeza, lavanderia, vigilância e central de material de esterilização). No pleno funcionamento, o Hospital Estadual dos Lagos será responsável por mais de 600  novos postos de trabalho.

O hospital segue os preceitos de humanização que a Secretaria de Estado de Saúde vem implementando em suas unidades nos últimos anos. Exemplo disso é o espaço exclusivo para gestantes prestes a dar à luz que permite que a mulher tenha acesso a métodos que vão ajudá-la na hora do parto como bola de fisioterapia, rede e cavalinho.

O Hospital Estadual dos Lagos fica na Rua Manoel Domingos dos Santos, 725, Bacaxá, Saquarema.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário