Macaé News
Cotação
RSS

Prefeitura aldeense realiza 1° Simpósio da Saúde Integral da População Negra nesta quarta-feira

Publicado em 17/12/2013 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, realiza, nesta quarta-feira (18), o 1° Simpósio Municipal da Saúde Integral da População Negra. O evento tem como objetivo promover o debate acerca da Política Nacional de Saúde da População Negra (PNSIPN), abordando, dentre outros temas, as doenças étnicas e a qualidade do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). O encontro acontecerá na Câmara Municipal, das 9h às 17h, com a presença do Prefeito Cláudio Chumbinho, da Secretária de Saúde, Vanessa Vidal, profissionais de saúde do município, movimentos quilombolas locais e da Baixada Litorânea, representantes do Comitê Técnico Estadual da Saúde da População Negra, entre outras autoridades municipais. 
De acordo com a coordenadora municipal de Vigilância em Saúde, Eliane Conceição, o evento é mais um passo em prol do avanço na promoção de políticas públicas para a população negra em São Pedro da Aldeia. “A proposta do evento é criar um espaço de discussão, através do controle social e da participação popular, para sensibilizar e promover o conhecimento sobre os diversos temas ligados à qualidade de vida da pessoa negra, enfocando políticas de saúde e as maiores comorbidades desse paciente. É mais um passo que o município está dando pela qualidade de vida da população negra. Tivemos importantes avanços nesse sentido também em outras áreas, como na Educação e na Cultura, inauguramos a primeira Escola Quilombola da Região dos Lagos, e na Saúde, com a implantação de programas como o Primeiros Passos e a adesão a PNSIPN.
 
O Prefeito Cláudio Chumbinho está dando todo o incentivo e apoio ao evento, pois entende a importância de promover a qualidade na atenção de saúde oferecida a esse segmento, além de prezar por uma gestão cada vez mais participativa”, destacou. Em São Pedro da Aldeia, segundo dados do IBGE de 2010, o perfil demográfico é composto por 9.983 pessoas que se identificam como pretos, 34.898 pardas, 42.280 brancos, 136 indígenas e 578 amarelos.Os ciclos de palestras serão divididos em dois turnos e serão mediados pela coordenadora municipal de Vigilância. Na pauta do dia, profissionais de saúde abordarão as políticas públicas de saúde, práticas integrativas e complementares no SUS, os olhares diversos sobre o indivíduo afrodescendente no cotidiano, abordagem e comorbidades mais comuns do paciente negro, riscos das doenças genéticas e hereditárias vinculadas à etnia, como a anemia falciforme e a hipertensão arterial maligna, dentre outros temas ligados à qualidade de vida da população negra. Todas as discussões serão direcionadas e abertas tanto aos profissionais de saúde quanto para os membros da sociedade civil presente. As explanações serão abertas para perguntas e dúvidas.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário