Macaé News
Cotação
RSS

Projeto Kolirius Internacional reúne artistas consagrados em Rio das Ostras

Publicado em 20/06/2014 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Welligton Naberezny retrata sempre personagens fortes nos grafites

Welligton Naberezny retrata sempre personagens fortes nos grafites

Nos últimos anos, o grafite ganhou desta­que nas ruas e espaços públicos. Reza a história que a manifestação artística urbana teve ori­gem na década de 70, em Paris, mas se desenvolveu em Nova Iorque, nos Esta­dos Unidos. Nesta época, os jovens expressavam, nas paredes da cidade, as críti­cas à sociedade e estampa­vam as formas de opressão a que eram submetidos.

Aos poucos, as técni­cas e desenhos do grafite ganharam estilo único, sempre refletindo a reali­dade das ruas e dos menos favorecidos. Aderindo a essa onda jovem e de bem com a vida, e as que retra­tam cenas do cotidiano, sem agredir a ninguém, é que Rio das Ostras irá fa­zer uma ação diferente. As escolas vão ganhar a arte do grafite, incentivada pela secretaria de Educação da cidade, ganham um reforço nesta sexta-feira, dia 20.

Isso acontece por meio do projeto Kolirius Inter­nacional que traz para o município, mais dois ar­tistas consagrados nes­sa técnica, Fábio Does e Welligton Naberezny, que assina suas obras como Sipros. Das 10h às 16h, ao lado do grafiteiro Marlon Muk, idealizador do proje­to, eles vão estar na Escola Municipal Simar Machado Sodré, no Âncora, produ­zindo um painel.

“Mostraremos o le­que de oportunidades que existe na área da arte do grafite, que já vem sendo desenvolvida na nossa es­cola. O objetivo é impactar positivamente as pessoas para que percebam a im­portância de cuidarmos do nosso patrimônio, elevan­do assim a autoestima dos alunos e da comunidade na qual estamos inseridos”, explicou Mônica Pessanha, diretora da escola Simar Machado Sodré.

Com 17 anos de grafite, Sibros é natural de São Ro­que (SP) e tem o seu nome reconhecido internacio­nalmente. Já o artista Does, que nasceu em Santo André (SP), está na estra­da do grafite desde 1988 e apresentou sua técnica em vários estados brasileiros e no exterior. O artista Mar­lon Muk, que é de Macaé, também está entre os gra­fiteiros brasileiros de des­taque e, desde o ano passa­do, realiza um trabalho de promoção dessa arte nas escolas da Rede Municipal de Rio das Ostras.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário