Macaé News
Cotação
RSS

Rio das Ostras capacita profissionais a realizar teste rápido de Aids

Publicado em 16/06/2014 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Maurício Rocha

Maurício Rocha

Curso faz parte da estratégia da Secretaria de Saúde para ampliar o número de unidades que oferecem o exame

Nesta semana, cerca de 30 profissionais de Saúde foram capacitados a realizar o teste rápido para diagnóstico de Aids, sífilis e hepatites B e C, em Rio das Ostras. O objetivo da Secretaria de Saúde é facilitar o acesso da população ao exame, cujo resultado sai em 15 minutos.

Participaram do treinamento enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e técnicos de enfermagem. Os profissionais atuam em diferentes unidades da rede pública municipal, como nos postos de saúde de Rocha Leão, Cidade Praiana, Nova Esperança, além do Centro de Atenção Psicossocial – Caps; e nos programas de Saúde do Adolescente, de Tuberculose e de Doença Sexualmente Transmissíveis - DST/Aids.

A capacitação faz parte da estratégia da Secretaria de Saúde de descentralizar a oferta do teste rápido, que hoje é realizado no Centro de Saúde da Extensão do Bosque. Numa próxima fase, os integrantes do treinamento vão acompanhar a rotina do Programa DST/Aids como um estágio prático.

“O Município está alinhado à Política Nacional de DST/Aids, que prioriza o diagnóstico precoce da doença. E o teste rápido é importante para esse objetivo”, explica a coordenadora do programa e uma das responsáveis pelo treinamento, Bianca Monteiro.

Atualmente, a Secretaria de Saúde realiza uma média de 300 testes rápidos por mês. Geralmente, o exame é aplicado quando há necessidade de um diagnóstico urgente, como no caso de vítimas de violência sexual ou grávidas ao final da gestação que ainda não realizaram o exame de sangue regular para detecção de DSTs. Destaca-se que, além do teste rápido, a rede municipal oferece também exames laboratoriais para detecção dessas doenças.

CAPACITAÇÃO - O treinamento aconteceu dias 9 e 10 de junho e reuniu também profissionais de saúde de Búzios e Casimiro de Abreu. A Secretaria de Saúde já planeja outras capacitações.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário