Macaé News
Cotação
RSS

“Um lar para Mim” é destaque em seminário sobre adoção em Campos

Publicado em 30/05/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A promotora de Justiça, Anike Assed, elogiou nesta quinta-feira (29), o programa “Um lar para Mim”, da Prefeitura de Campos, classificando-o como um projeto fantástico. A afirmação da promotora foi durante o seminário Adoção – construindo laços de amor – organizado pela Vara da Infância e da Juventude e que teve a participação da prefeita Rosinha Garotinho. O evento foi realizado no Fórum Maria Tereza Gusmão.

O programa incentiva a adoção de crianças e adolescentes de 5 a 18 anos incompletos por parte dos servidores públicos municipais e oferece uma ajuda de custo de dois a cinco salários mínimos por mês.

- Parabenizo o município de Campos por implementar este programa. É um projeto fantástico, que é a adoção, a construção de novos vínculos - destacou a promotora de Justiça. A prefeita disse que participar de uma mesa com o tema adoção é uma honra. “Na Prefeitura trabalhamos em favor da adoção. Oferecemos um suporte aos servidores, pois às vezes, a pessoa quer, mas não tem essa condição financeira”, disse Rosinha.

No evento foram debatidos temas, como adoção, sua importância, procedimento e houve um enfoque na ação social da Prefeitura através do programa “Um lar para Mim”. O juiz da Vara da infância, Juventude e do idoso, Heitor Campinho, disse que o processo de adoção passa por uma análise criteriosa da pessoa ou da família interessada. Este critério inclui até mesmo um levantamento judicial do candidato à adoção.

Também participaram da mesa, o presidente da Fundação Municipal da Infância e da Juventude (FMIJ), Thiago Ferrugem; o juiz e diretor do Fórum, Paulo Assed; a defensora pública Regina Nunes e Ralph Manhãs, juiz da Vara da Família e presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj).

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário