RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Serra Macaense realiza última participação no Campeonato Carioca Série B1

Publicado em 25/11/2020 Editoria: Esporte sem comentários Comente! Imprimir


Após derrota por 6 a 1, contra o Artsul, Serra Macaense encerra sua participação hoje, contra o Angra dos Reis

Após derrota por 6 a 1, contra o Artsul, Serra Macaense encerra sua participação hoje, contra o Angra dos Reis

O Serra Macaense faz sua última participação no Campeonato Carioca Série B1, hoje, às 15h, contra o Angra dos Reis. Após a derrota para o Artsul, por 6 a 1, no domingo, dia 22 de novembro, a equipe não tem mais chances de se classificar para a semifinal do campeonato. 

O diretor executivo do Serra Macaense, Marcelo Soares, avaliou o momento vivido pelo clube. “Nós não esperávamos o resultado do fim de semana, foi um golpe duro para nós, por tudo que a gente vinha desempenhando, pela condição da vitória e dos resultados paralelos importantes. Tínhamos chances totais de irmos para a semifinal. Mas infelizmente a gente não conseguiu o resultado, ficamos muito aquém, a gente já fez a nossa análise interna, foi um jogo muito atípico, e faz parte do esporte”, declarou.

Para a partida de hoje a equipe espera fazer um bom jogo. “Vamos encerrar a competição de forma muito digna, tivemos coisas muito positivas no campeonato. A gente tem um grupo que poderia ir muito longe, mas existiu uma determinada instabilidade. O primeiro turno deixou a desejar um pouco em relação aos resultados, nós tivemos condições em diferentes momentos, foi uma competição muito disputada, mas infelizmente não conseguimos. Vamos encerrar amanhã a nossa participação na competição e a gente espera fazer um bom jogo, já conversamos muito com a comissão e com os atletas”, revelou Marcelo.

O diretor executivo salientou que nesta sexta-feira, 27 de novembro, haverá uma reunião com a direção executiva, para avaliação interna das atividades e também para traçar os planos futuros. “Nós não podemos mudar o nosso planejamento em cima do resultado esportivo. A gente tem que ter muito foco, muita consciência, pois essas variáveis acontecem, são constâncias do esporte de alto rendimento. A gente tem a capacidade de analisar, refletir, ter resiliência, mas ao mesmo tempo termos atitude para seguir firme”, observou.
Marcelo destacou os planos para o próximo ano. “A gente vem muito concentrado no que diz respeito à estruturação da instituição, no processo de captação de recurso, no projeto junto aos Emirados Árabes, fortalecimento junto à nossa categoria de base. Esse é o caminho. Vamos traçar as metas não só para o profissional, mas também para as categorias de base”, revelou.

O diretor do clube destacou que ainda há alguns obstáculos para enfrentar, mas que alguns não dependem da equipe, como o desenrolar da pandemia, que atrapalha muito no dia a dia, principalmente na categoria de base.
“Vamos seguir trabalhando, com objetivo de alcançar avanços, garantir o fortalecimento do Serra, para que a gente consiga progressivamente conquistar os nossos objetivos e o sucesso. A gente quer muito em um 2021 nos fixar em Macaé. Nós não podemos de jeito nenhum ir para Nova Friburgo, viajar cerca de quatro horas, investir recursos que são tão difíceis, podendo ter uma condição de estar aqui em Macaé. Temos uma cidade linda, com um estádio tão bacana, talvez um dos melhores, que está lá, infelizmente, se tornando em um elefante branco. Esperamos realmente que a próxima gestão tenha um olhar para o esporte e a gente consiga mandar os nossos jogos aqui, além de fortalecer a categoria de base, criar vínculos com a cidade, com a imprensa e que todos possam acompanhar as nossas partidas”, concluiu.

› FONTE: RJ News


sem comentários

Deixe o seu comentário