RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Serra Macaense é o vice-líder do Campeonato Carioca da Série B1 e encara o Sampaio Corrêa

Publicado em 07/11/2020 Editoria: Esporte sem comentários Comente! Imprimir


O Falcão Peregrino foi escolhido como animal símbolo do Serra Macaense

O Falcão Peregrino foi escolhido como animal símbolo do Serra Macaense

Após duas vitórias consecutivas, o Serra Macaense entra em campo confiante hoje, dia 07 de novembro, às 15h, contra o Sampaio Corrêa, pela quarta rodada da Taça Corcovado, segunda fase do Campeonato Carioca – Série B1. Pela primeira vez em 2020 a equipe conquista duas vitórias consecutivas e se consolida na tabela da competição, na segunda colocação do Grupo A, com seis pontos. A equipe está empatada em número de pontos com o Audax/Miguel Pereira, líder, e Maricá, terceira colocada. Faltam cinco rodadas para o fim da Taça Corcovado.

Na última quarta-feira, 04 de novembro, o Serra venceu o Campos, por 3 a 1, com gols de Jones, duas vezes, e Rhainer, de pênalti. Já no último sábado, 31 de outubro, a equipe ganhou do Bonsucesso por 1 a 0.
O diretor executivo do Serra Macaense, Marcelo Soares, salientou que o momento é de felicidade e que ainda vem muito trabalho pela frente. “Estava faltando a vitória. A equipe vinha fazendo bons jogos, tanto os atletas individuais quanto o coletivo vinham apresentando um bom desempenho, o time todo é fantástico e o mérito é de todos. Sabemos que entramos em uma fase da competição difícil, que exige cada vez mais de todos, e a direção do clube tem total confiança no trabalho o técnico Luiz Felipe”, reforçou.

Marcelo disse que nessa segunda etapa do Campeonato Carioca o Serra Macaense mudou de casa e isso pode também ter ajudado os bons resultados. “No primeiro turno do campeonato nós fomos muito bem acolhidos em Casimiro de Abreu, onde nós criamos bons vínculos e bons relacionamentos. Mas precisávamos buscar um campo com maior amplitude, pois temos um time que tem como característica um tempo maior de posse de bola. O Friburguense acolheu a gente e daqui para frente teremos Nova Friburgo como nossa casa”, informou.
O diretor lamentou a situação do Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo. “É muito importante termos a liberação do Moacyrzão. Temos um estádio de altíssimo nível, no estado do Rio de Janeiro, mas sem condições de jogo. É uma perda para a cidade”, observou.

Marcelo frisou que o jogo de hoje, contra o Sampaio Corrêa será um desafio. “Vamos encarar uma equipe muito forte, que disputou a final do primeiro turno. Eles são muito competitivos e sempre tivemos dificuldades ao enfrentá-los. Teremos mais uma oportunidade de botarmos em prática o que a gente vem fazendo. Vamos encarar o jogo com muito respeito ao nosso adversário, mas sabemos a importância de sair de campo com o resultado positivo”, avaliou.

O clube faz investimentos para conquistar resultados em médio e longo prazo. “Além de estarmos investindo muito nos nossos atletas, também estamos focados no planejamento e no processo de fortalecer o clube, através das nossas ações de captação de recursos e busca incansável para estruturar cada vez mais cada departamento”, afirmou.

Serra Macaense lança mascote
O Falcão Peregrino foi escolhido como animal símbolo do Serra Macaense. Seu nome é Milton, uma homenagem ao vice-presidente do clube, Milton dos Santos.  De acordo com o clube, o homenageado é dono de uma personalidade marcante, não passa desapercebido por ninguém. Inteligente, comunicativo, forte, carismático, generoso e obstinado, mereceu um representante a sua altura!

› FONTE: RJ News


sem comentários

Deixe o seu comentário