RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Desafio Inovar divulga vencedores

Publicado em 06/11/2020 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


O  Desafio Inovar  divulgou os vencedores do concurso virtual desenvolvido pelo programa InovareAprender. A classificação foi para  as três primeiras colocadas das turmas de 1º ao 5º ano, 6º e 7º ano, 8º e 9º ano e Ensino Médio. A equipe vencedora do 1º ao 5º ano é  da Escola Municipal Paulo Freire (Lagomar), com o projeto "Bitucas do Mal. Cigarro, um mal para todos”. Já os três primeiros colocados  do 6º e 7º ano, respectivamente, são: “Aplicativos para festas online” (Jardim Escola Letrinha de Criança), “Animação Dinossauros” (Colégio Municipal Elza Ibrahim) e “Você já pensou sobre seu lixo?” (Escola Municipal Paulo Freire).

Do 8º e 9º ano são: “Protótipo de Massa do papel reciclado” (Escola Municipal Polivalente Anísio Teixeira), que também vai participar da  Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro (FECTI); “Influência das condições estratosféricas na diapausa como processo de seleção natural de zooplantom e fitoplancton” (Centro Educacional Batista Casimiro de Abreu); e “Bueiro Inteligente” (Educarte). No Ensino Médio,  as três ganhadoras são: “Irrigasol- Bombeamento Solar Inteligente para Irrigação", que também faturou o primeiro lugar para participar da FECTI,  “Protótipo de Mão Robótica” (INSG- Castelo) e “Robô seguidor de linha híbrido: Lego Mindstorms-EV3 e Arduíno”  (Hélio Alonso).

A programação   que contou com participação expressiva de escolas  do estado, selecionou os melhores projetos de natureza investigativa ou de inovação,  com a temática socioambiental. A premiação será de medalhas para os três primeiros lugares-alunos e professor orientador e um troféu para a escola. No concurso, as equipes apresentaram redações, vídeos e  slides, sendo que na produção, foram aplicados conteúdos de diferentes disciplinas em busca de soluções. As equipes foram avaliadas por cientistas pesquisadores, educadores de diferentes   estados do país e representantes das redes pública e privada, que analisaram rubricas de metodologia científica; inovação originalidade; aplicabilidade para  a sociedade,criatividade e  divulgação da ideia com clareza e ética.

O  “Desafio Inovar” é desenvolvido pelo programa  InovareAprender, desenvolvido na rede municipal com o objetivo de  promover e incentivar a investigação, a inovação científica, o uso de novas tecnologias, a robótica e a cultura maker. São 13 estações de trabalho que envolvem alunos, professores e universitários. 

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário