Macaé News
Cotação
RSS

Equipes de Macaé perdem os jogos dos Campeonatos Cariocas Sub20 e Série B1

Publicado em 31/10/2020 Editoria: Esporte sem comentários Comente! Imprimir


Macaé Esporte enfrenta o Cabofriense hoje, às 15h, em Cabo Frio

Macaé Esporte enfrenta o Cabofriense hoje, às 15h, em Cabo Frio

O novo técnico do Macaé Sub20, Daniel Fernandes, assumiu o comando da equipe nesta semana. Já sua na estreia, na última quarta-feira, 28 de outubro, contra o América, a equipe perdeu por 2 a 1. A equipe enfrenta hoje os Cabofriense, fora de casa, às 15h, pelo segundo turno do Campeonato Carioca, a Taça Rio.

A partida contra o América foi em Edson Passos, onde o Macaé perdeu de virada. O Leão chegou a abrir o placar, no primeiro tempo, com Ryan, mas levou o empate e sofreu um pênalti já nos últimos minutos do jogo.
O técnico Daniel Nascimento enfatizou que o índice do jogo do Macaé foi excepcional pelo pouco tempo que teve para trabalhar. “O que propomos aos garotos eles entenderam e colocaram em prática, mas chegou o momento em que se cansaram. Fizemos as substituições, mas o time da casa veio para cima, mas tivemos chances e oportunidades de gol. Vamos manter. Não vamos mudar nosso jeito de jogar. O pênalti, meio duvidoso, poderia ter evitado a derrota, mas vamos continuar com a mesma estratégia para mais um jogo fora, contra a Cabofriense, e tentar buscar um bom resultado. Agradeço aos meninos pelo empenho. Pelo pouco tempo de trabalho que tivemos, eles foram muito bem”, avaliou.

Na estreia da Taça Corcovado, Serra Macaense perde para o Nova Iguaçu
Na última quarta-feira, dia 28, o Serra Macaense estreou na Taça Corcovado, o segundo turno do Campeonato Carioca Série B1 2020. A equipe perdeu de 1 a 0 para o Nova Iguaçu. Hoje, o Verdão enfrenta o Bonsucesso, no Rio de Janeiro, e busca a reabilitação na tabela de classificação.

Para o técnico do Serra Macaense, Luiz Felipe dos Santos, faltou um pouco da criação e houve dificuldade na transição durante a partida contra o Nova Iguaçu. “Nossos meias estavam uma linha abaixo. A gente sabia das dificuldades, uma equipe adversária experiente, forte, que foi campeã do primeiro turno. Estou chateado com o resultado, claro, mas penso que fizemos um bom jogo, faltou ofensividade. Eles foram felizes em um contragolpe, que na minha visão havia sido falta em nosso jogador e o árbitro não deu, aí o jogador deles acertou um belo chute no ângulo, mas não vamos ficar lamentando. Temos um desafio enorme hoje contra o Bonsucesso, se a gente mantiver o nível de competitividade de quarta-feira e aumentar a ofensividade, podemos trazer o resultado para Macaé”, destacou.

Para o comandante do Serra, se as partidas fossem em Macaé, os resultados poderiam ser melhores. “Sabemos que poderia ser diferente se estivéssemos jogando no Estádio Moacyrzão. Não tenho nada contra o Ubirajara Reis, em Casimiro, porque fomos muito bem recebidos, mas eu deixo aqui um apelo às autoridades de Macaé, pois o Moacyrzão é um estádio de alto nível, mas não pode ser usado. É uma pena isso”, observou.

› FONTE: RJ News


sem comentários

Deixe o seu comentário